Publicidade
Abastecimento

Começam as obras do novo Armazém da Família da Vila Gramados

Começam as obras do novo Armazém da Família da Vila Gramados
Liceu de Ofícios da Vila Gramados, no Pinheirinho, irá abrigar um Armazém da Família (Foto: Valdecir Galor)

Nas duas últimas semanas, a estrutura do telhado foi totalmente substituída e, a partir desta segunda-feira (23/4), começam a colocação das telhas, a impermeabilização da cobertura e a retirada do piso interno antigo. O bom tempo tem ajudado os operários da HW Empreiteira de Obras a cumprir os prazos da reforma do antigo liceu do ofício da Vila Gramados, no Pinheirinho. Abandando há vários anos, o liceu será transformado no mais novo Armazém da Família da Prefeitura.

A futura unidade da Vila Gramados irá substituir, até o fim de julho, o atual Armazém da Família Maria Angélica, hoje um imóvel alugado e em condição limitada de atendimento à população. “Com a transferência, as famílias terão 268 metros quadrados de espaço para compras, bem mais que os 140 metros quadrados do Maria Angélica”, destacou o secretário municipal de Agricultura e Abastecimento, Luiz Gusi.

Ele lembrou que o Armazém da Família da Vila Gramados deverá beneficiar, principalmente, as 38,1 mil famílias do Capão Raso, Pinheirinho, Novo Mundo, Lindoia e Fanny, bairros integrantes da Regional Pinheirinho, e que estão cadastradas no programa da Prefeitura. O investimento necessário para a reforma, R$ 598 mil, está sendo custeado pelo Fundo de Abastecimento Alimentar de Curitiba, que garante o funcionamento dos 33 unidades do programa do município.

Com a transferência do Armazém da Família para o antigo liceu, a Prefeitura está revitalizando um prédio que servia para acúmulo de entulho e concentração de usuários de drogas. Segundo o engenheiro Marcos Guimarães, dono da construtora responsável pela obra, até o fim da primeira quinzena de maio será feita a substituição da rede hidráulica (água e esgoto). “Depois entraremos na fase mais delicada, que inclui a troca das esquadrias das janelas, a construção de algumas paredes internas e a instalação da pequena doca de descarga dos produtos”, contou ele. As etapas seguintes incluem o acabamento interno, a pintura e a recuperação externa, que deverão ser realizadas entre junho e o começo de julho.

A diarista Dulce da Silva, 54 anos, que vive com a família na Vila Acordes, no Pinheirinho, não vê a hora de poder fazer compras no novo Armazém da Família. “Além de ficar mais perto da minha casa, acho que terá mais espaço que o Maria Angélica, que é bem pequeno”, salienta ela.

Moradora da Rua Jornalista Rômulo da Costa Faria, no mesmo bairro, a dona de casa Yasmim Fernandes, 24 anos, também avalia que a mudança de endereço do armazém irá garantir mais conforto para a população. “Hoje, os dias mais complicados são no começo do mês e aos sábados. Eu nem venho, pois tem até fila para entrar”, justifica ela, que vai sempre ao armazém com a sogra, Tereza Vieira, 59 anos.

Programa

O programa Armazém da Família é formado por 33 unidades fixas de abastecimento instaladas em pontos estratégicos da periferia de Curitiba, bairros e terminais de ônibus, onde é feita a comercialização de gêneros alimentícios e produtos de higiene e limpeza até 30% mais baratos que no varejo. O programa beneficia 250 mil famílias de Curitiba com renda familiar de até cinco salários mínimos.

O cadastramento e a emissão dos cartões de acesso devem ser feitos nos núcleos da Secretaria de Agricultura e Abastecimento nas Administrações Regionais localizadas nas Ruas da Cidadania.

DESTAQUES DOS EDITORES