Publicidade
Flores

Confira 3 vantagens de ter um jardim vertical

(Foto: Divulgação)

Os jardins verticais são conhecidos por possibilitar o cultivo de plantas e hortaliças em pequenos espaços. Além de embelezar varandas, sacadas e fachadas, reduzem a temperatura do ambiente, funcionam como isolante acústico e minimizam as ilhas de calor nas cidades. Têm se revelado uma solução para inserir o verde nos centros urbanos e proporcionar bem-estar às pessoas.

As paredes verdes podem ser instaladas em qualquer parede ensolarada ou bem iluminada artificialmente. Cada floreira tem 0,45 largura X 0,10 de altura e 0,12 de profundidade e pode receber diversos tipos de vegetação, temperos naturais e flores.

“Para ambientes externos com boa incidência de Sol, podemos usar aspargos, bulbine, lambari roxo, dólar e outras plantas. Já para internos, devemos eleger plantas resistentes a pouca luminosidade e também restringir a rega para evitar apodrecimento de raízes”, explica João Manuel Feijó, engenheiro agrônomo da Ecotelhado, empresa especialista em projetos de infraestrutura verde e design biofílico.

Após a montagem, Feijó ressalta a importância de não deixar faltar água e nem molhar em excesso. Uma alternativa é montar o jardim em módulos que são encaixados verticalmente junto à parede e utiliza um sistema semi-hidropônico para a manutenção da vegetação.

“Temos sistemas inovadores fáceis de instalar, como o Jardim Vertical Mamute. Não exigem muita manutenção uma vez que a irrigação computadorizada facilita o cuidado diário. Não requer impermeabilização da parede podendo ser instalada inclusive sobre gesso acartonado”, acrescenta.

Confira três vantagens de ter um jardim vertical em casa, na empresa ou no apartamento:

1- Econômicas: Os jardins verticais, quando implementados nas fachadas, ajudam a economizar energia de climatização e a diminuir o efeito de calor urbano. Isso significa menos gastos com energia e manutenção com tintas e outros materiais

2- Ambientais: Melhora a qualidade do ar e atrai biodiversidade para a cidade

3- Vantagens Sociais: Cria áreas de convívio e bem-estar em lugares antes tidos com áridos. Cria oportunidades para agricultura urbana agregadora em projetos sociais.

Veja 7 tipos de plantas que podem ser usadas na parede verde

1. Zamioculcas

A folhagem é uma das opções ideais para os jardins verticais. Bonita e fácil de cuidar, a Zamioculca é recomendada para cultivar dentro de casa.

2. Vinca Pendente Variegata

Quando plantadas em jardineiras ou vasos suspensos, suas flores delicadas e suas folhagens ficam penduradas. A planta se adapta melhor ao clima mediterrâneo, subtropical.

3. Trapoeraba Roxa

É muito comum nos lares brasileiros. Possui flores pequenas, roxas como as suas folhagens. Para que a cor das folhas seja ainda mais acentuada, é importante que fiquem ao sol.

4. Tapete Inglês

Essa linda espécie tem uma excelente adaptação aos ambientes, tanto no sol quanto em meia sombra. Suas flores estão presentes em quase todo o ano, mas ganham maior destaque nos meses do verão e do outono.

5. Samambaia Americana

Você sabia que existem diferentes tipos de samambaia? A Samambaia Americana é uma delas, planta que se popularizou na decoração de interiores no Brasil.

6. Russelia

Popularmente conhecida pelo nome “Flor de Coral”, é ideal para cultivo em vasos, floreiras e cestas. Ela prefere climas quentes e amenos, no entanto, tolera bem o frio, vento e a salinidade presente em praias.

7. Dólar

É uma das melhores plantas para vasos suspensos. Seus galhos caem para fora e sua bela folhagem se destaca dando vida a qualquer ambiente. Ela está se saindo muito bem nesse jardim vertical do showroom da Ecotelhado em São Paulo.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES