Publicidade
Campeonato Paranaense

Coritiba estuda fazer clássico com o Paraná na grama sintética do Pinhão

O Estádio do Pinhão, em São José dos Pinhais: grama sintética desde 2017
O Estádio do Pinhão, em São José dos Pinhais: grama sintética desde 2017 (Foto: Divulgação/Ademar Marques/PMSJP)

O Coritiba ainda procura um estádio para ser o mandante do clássico de 31 de março, contra o Paraná Clube, pela 5ª e última rodada da fase de classificação da Taça Dirceu Kruger – o segundo turno do Campeonato Paranaense. Uma das opções estudadas pela diretoria é o Estádio Municipal do Pinhão, em São José dos Pinhais, que em 2017 instalou grama sintética do mesmo fabricante utilizado pelo Athletico Paranaense na Arena da Baixada.

A capacidade do estádio em São José dos Pinhais é para 3.800 pessoas.

O Couto Pereira estará sediando o show de Paul McCartney, em 30 de março. O jogo não pode ocorrer na Vila Capanema, porque o regulamento proíbe a chamada 'inversão de mando'.

Além do Estádio do Pinhão, outra alternativa é o Germano Krüger, em Ponta Grossa. No entanto, a diretoria do Operário só aceita a realização da partida com portões fechados, por questões de segurança.

O Ecoestádio Janguito Malucelli está sem laudos para ser utilizado.

Na última rodada, todos os jogos precisam ser simultâneos (para evitar favorecimento na ordem das partidas). Com isso, estarão ocupados os estádios em Maringá, Londrina, Foz, Cascavel e Paranaguá. Restam apenas os estádios em Toledo e Cianorte.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias