Publicidade

Coritiba faz "jogo do ano" contra emergente colombiano

O Coritiba fará na terça-feira (24) o jogo do ano. Décimo segundo colocado no Brasileiro, a equipe alviverde já vê a competição continental como o caminho menos difícil para a Copa Sul-Americana. O adversário nas oitavas-de-final será o Itagüí, da Colômbia, equipe fundada em 1991, mas que apenas em 2008 (doze anos após se mudar) retornou ao município que hoje dá nome ao clube.

No ranking de clubes da IFFHS, a equipe colombiana é apenas a 285ª colocada. O Coritiba aparece na 114ª colocação. Também no valor do elenco o Coxa leva vantagem: R$ 47,4 milhões contra R$ 36, 7 milhões.

Em valor de mercado, os dois jogadores mais valiosos dos colombianos são o atacante Cristian Nazarit, de 23 anos, que atuou 21 vezes pelas seleções de base da Colômbia marcando dez gols, e o experiente volante John Javier Rastrepo, de 36 anos, que já atuou 36 vezes pela seleção colombiana. Os dois jogadores valem, cada um, R$ 2,4 milhões. No Coritiba, o jogador mais valioso é Leandro Almeida: R$ 5,9 milhões (mais do que os dois jogadores de maior valor do Itagüí). Os dados são do Transfermarkt.

O Itagüí disputa desde 2011 a elite do futebol da Colômbia. Desde então, se firmou como uma das potências emergentes do país. No campeonato nacional, dividido entre Apertura e Clausura, a equipe, que manda seus jogos no Metropolitano de Itagüí, com capacidade para receber 12 mil torcedores, ficou duas vezes na terceira colocação (Apertura 2012 e 2013) e uma vez no quarto lugar (Clausura 2012). A defesa da equipe é o destaque desde o ano passado: foi a segunda melhor defesa no Clausura 2012, com 12 gols sofridos, e no Apertura deste ano, com 17 gols sofridos.

No atual Clausura, a equipe ocupa a sexta colocação, com 15 pontos em 10 jogos (cinco vitórias e cinco empates), dez pontos atrás do líder, o Atlético Nacional, que tem um jogo a menos. Na última rodada, a equipe voltou a somar três pontos, após perder para o Deportivo Cali e o Envigado. Jogando em casa, o Itagüí atropelou o Atlético Junior de Barranquila, no último dia 20: goleado por 4 a 0, gols do atacante Yesid Mena (2) e do volante Luis Quiñónez García (2).

Os dois atletas, inclusive, são os destaques da equipe no Colombiano até aqui. Mena, de 24 anos, marcou quatro gols em oito jogos e é o artilheiro do time. García, de 22 anos, apesar de ser volante, já marcou três gols e deu uma assistência em nove jogos. Ele também arrisca bastante a gol: foram 13 chutes até agora.

Na última partida, o Itagüí entrou em campo com a seguinte escalação: Osvaldo Cabral; Ervin Maturana, Braynner García, Carlos Arboleda e Gustavo Bolívar; Omas Andres Rodríguez, Javier Restrepo, Luis Quiñónez García e Jhonatan Mosquera; Johnny Meza e Yesid Mena.

Nas fases anterior da Sul-Americana, a equipe comandada por Jorge Luis Bernal superou o River Plate (URU), com vitória por 1 a 0 em casa e empate em 0 a 0 fora, e o Juan Aurich (Peru), com vitória por 3 a 0 em casa e por 3 a 2 fora.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES