Paranaense 2021

Coritiba minimiza derrotas seguidas e enfrenta o ‘rei do empate’ no Estadual

Gustavo Morínigo, técnico do Coritiba
Gustavo Morínigo, técnico do Coritiba (Foto: Divulgação / Coritiba)

O Coritiba vai enfrentar o Londrina neste domingo (9), às 18 horas, em Londrina, pela 9ª rodada do Campeonato Paranaense. O time do interior é o “rei do empate” no Estadual: em seis dos oito jogos disputados, ficou na igualdade com seus adversários. Já o time coxa-branca vem de duas derrotas na competição. Isso causou desconforto, a ponto de o executivo de futebol, José Carlos Brunoro, fazer um pronunciamento.

“O trabalho como um todo não pode ser analisado por causa de duas derrotas em campo”, disse Brunoro, nesta sexta-feira (7), um dia após a derrota do Coritiba (2 a 1) no clássico diante do Athletico. Na partida anterior, o time coxa-branca perdeu em casa para o FC Cascavel por 3 a 2. “O time pode até não jogar bem, mas está se entregando em campo de uma maneira muito forte. É o que tem sido pedido pela diretoria”, continuou ele, para depois fazer um apelo aos torcedores. “Não analisem apenas por um resultado. Estejam ao nosso lado para que possamos reconstruir esse grande clube. Para isso, precisamos de paciência, trabalho e trabalho, e muita energia para atingir todos os resultados que esperamos”.

O técnico do Coritiba, Gustavo Morínigo, seguiu a mesma linha. “Preocupação sempre há com derrota, claro. E também com vitórias. Estamos em crescimento. Não somos os melhores quando ganhamos e não somos os piores quando perdemos. Creio que estamos em um caminho de crescimento. O grupo é novo. Preocupa, de repente, a derrota, mas temos que analisar a forma, e não só ver o resultado”, declarou ele.

Para este domingo, Morínigo terá que refazer o meio-de-campo. O volante Willian (expulso no clássico) e o meia Rafinha (levou o terceiro cartão amarelo) cumprem suspensão. Robinho, que poderia ser o substituto de Rafinha, está lesionado, bem como o meia-ponta Cerutti. Além disso, o volante Val é dúvida. Se o treinador mantiver o esquema 4-2-3-1 que vem usando no Estadual, a tendência é a escalação dos volantes Jhony Douglas e Matheus Sales e do meia Valdeci. Nas pontas, devem jogar Igor Paixão e Waguininho.

Apesar das duas derrotas seguidas, o Coritiba está em 4º lugar, com 13 pontos, e tem chance de assumir a liderança da primeira fase, se vencer e o Operário (vice-líder, com 14 pontos) não derrotar o Cianorte. A liderança é do FC Cascavel (15 pontos), que já jogou na rodada. O Azuriz (que também já jogou) está em 3º, com 14 pontos. As duas últimas partidas dos coxas-brancas serão contra Cianorte (nesta quarta-feira, em casa) e Rio Branco (fora). O Londrina, por sua vez, tem 9 pontos em 8 jogos e ocupa a 8ª colocação.

LONDRINA x CORITIBA
Londrina: Dalton; João Carlos, Marcondes, Lucas Costa e Luiz Henrique; Marcelo Freitas, Matheus Bianqui e Adenílson; Douglas Santos, Safira e Salatiel. Técnico: Roberto Fonseca
Coritiba: Wilson; Igor, Wellington Carvalho, Luciano Castán e Romário; Jhony Douglas, Matheus Sales (Val) e Valdeci (Tailson); Igor Paixão, Léo Gamalho e Waguininho.
Árbitro: Robson Babinski
Local: Estádio do Café, em Londrina, domingo, às 18 horas