Publicidade
Mercado da bola

Coritiba pode ceder Yan Sasse e deve ficar sem Alan Mineiro

Yan Sasse
Yan Sasse (Foto: Geraldo Bubniak)

O Coritiba pode ceder o meia Yan Sasse para o próximo ano. Há pelo menos três clubes interessados, sendo que dois deles já iniciaram conversas com o empresário do jogador. Por outro lado, o clube paranaense deve ficar sem Alan Mineiro, que era um desejo antigo do gerente de futebol Rodrigo Pastana.

Yan Sasse, de 21 anos, tem contrato com o Coritiba até julho de 2020. Ele está na mira de Vasco, Fortaleza e América-MG. Com esses dois últimos, o empresário do jogador, Diogo Silva, admitiu ter aberto conversas, em declarações ao Globoesporte.com.

Se concretizada, a saída de Yan Sasse seria por empréstimo. Para a diretoria coxa-branca, seria uma oportunidade do jogador ganhar experiência, uma vez que ele não foi titular absoluto neste ano. Por outro lado, o técnico Argel Fucks havia dito que pretendia contar com o meio-campista para o próximo ano. Em 2018, Yan Sasse foi o segundo maior goleador do Coritiba na Série B, com 4 gols em 25 partidas (14 como titular), ao lado do goleiro Wilson (também fez 4 gols) e atrás apenas de Guilherme Parede (9 gols).

Quanto a Alan Mineiro, a negociação ficou difícil. O Vila Nova-GO, onde o jogador está desde 2017, anunciou nesta quarta-feira (12) que o jogador renovou contrato. Alan Mineiro tem sido alvo de negociações por parte do gerente Rodrigo Pastana nos dois últimos anos, quando ele ainda estava no Paraná Clube. Com a renovação, o Coritiba teria que fazer um investimento para levá-lo.

Em contrapartida, a negociação pelo volante Geovane, do Vila Nova, pode evoluir. Nesta quarta-feira, o presidente Ecival Morais afirmou que o clube goiano chegou ao limite na tentativa de negociar a renovação. O dirigente admitiu que ele tem várias propostas para sair – uma delas seria do Coritiba.

DESTAQUES DOS EDITORES