Série B

Coritiba repete erros, empata em Caxias e amplia dois jejuns

"Guilherme Parede: ele \u00e9 o artilheiro do Coritiba na temporada 2018"
"Guilherme Parede: ele \u00e9 o artilheiro do Coritiba na temporada 2018" (Foto: Divulgação/Coritiba)

O Coritiba empatou em 1 a 1 com o Juventude, nessa segunda-feira (dia 11) à noite, em Caxias do Sul (RS), pela 11ª rodada da Série B. Com o resultado, o time paranaense ficou em 4º lugar, com 18 pontos. Até o final da rodada, ainda pode perder quatro posições na tabela. A equipe gaúcha está na 9ª posição, com 15 pontos. Clique aqui para ver a classificação no site Srgoool.

Com o resultado, o Coxa ampliou dois jejuns. A última vez que venceu esse adversário no Rio Grande do Sul foi em 1998, pela primeira divisão nacional. Depois daquele confronto, foram oito encontros entre esses dois clubes em Caxias do Sul, com seis vitórias do Juventude e dois empates. 

Além disso, o Coritiba completou dez jogos sem vencer fora de casa em 2018 – sete derrotas e três empates. A última vitória como visitante foi em 22 de fevereiro, contra o Uberlândia, pela Copa do Brasil. 

O técnico Eduardo Baptista tem agora nove jogos no Coritiba — quatro vitórias, três empates e duas derrotas.

ARTILHEIRO
O gol do Coritiba sobre o Juventude foi do ponta Guilherme Parede, que soma 5 gols em 22 jogos no ano. Ele é o artilheiro do clube em 2018. O segundo lugar é do meia Yan Sasse, com 4 gols em 17 jogos. 

DESEMPENHO
O Coritiba repetiu os problemas apresentados nas partidas fora de casa, com erros seguidos na saída de bola, ausência de jogadas trabalhadas no meio-campo e setor ofensivo completamente anulado pela marcação adversária. Mesmo assim, conseguiu abrir o placar em um belo lançamento do volante Simião para o ponta Guilherme Parede. O gol do empate do Juventude foi aos 42 do 2º tempo.

ESCALAÇÃO
O Coritiba veio com duas mudanças na escalação. Alecsandro foi para o banco e Pablo Thomaz, 18 anos, virou o centroavante titular. Foi a estreia dele como profissional. E Chiquinho perdeu a posição para Iago Dias. O esquema tático foi o mesmo de sempre, o 4-2-3-1. O Juventude não tinha Fellipe Mateus, Bruninho, Elias, Caio Rangel e Yuri Mamute. O time gaúcho também usou o 4-2-3-1. 

PRIMEIRO TEMPO
Na primeira etapa, o Juventude teve facilidade para trabalhar a bola no meio-campo e arriscou chutes perigosos de fora da área. O meia Guilherme Queiroz exigiu duas boas defesas de Wilson. O time gaúcho também reclamou de dois penâltis, ambos por toque de mão – um de Pablo Thomaz e outro de Vinicius Kiss. O time paranaense só levou perigo em dois momentos no primeiro tempo, ambos originados em dribles. Aos 43, Leandro Silva driblou dois adversários e cruzou para Iago Dias finalizar fraco. Aos 44, Alisson Farias dribou três e tocou para Simião chutar cruzado.

SUBSTITUIÇÕES
A primeira substituição no Coxa foi já aos 17 minutos do 1º tempo, quando Vitor Carvalho saiu lesionado. Simião entrou no jogo. A segunda foi aos 17 do 2º. Saiu Alisson Farias e entrou o ponta Nathan, 18 anos, recém-promovido dos juniores. Aos 27 do 2º, a última mudança. Saiu Iago Dias e entrou Guilherme Parede.

SEGUNDO TEMPO
A situação piorou para o Coritiba na segunda etapa. O Juventude avançou e pressionou mais. Aos 7, o time gaúcho perdeu gol feito, com Guilherme Queiroz, que ficou com o gol vazio e mandou para fora. O Coxa seguiu errando demais em todos os fundamentos e sofreu. No entanto, conseguiu o gol aos 33, em lance raro. Simião acertou um belo lançamento e Parede entrou livre nas costas da defesa. O ponta chutou na saída do goleiro e marcou 1 a 0 no placar. O Juventude conseguiu o empate aos 42, em cobrança de falta de Fred.

ESTATÍSTICAS
Ao final dos 90 minutos, o Coritiba somou 46% de posse de bola, 7 finalizações (3 certas), 90% de precisão nos passes e 1 escanteio. O Juventude teve 54% de posse de bola, 13 arremates (6 certos), 88% nos passes e 5 escanteios. Os dados são do Footstats.

JUVENTUDE 1 x 1 CORITIBA
Juventude: Matheus Cavichioli; Felipe Mattioni, Fred, Bonfim e Pará; Diones, Jair, Choco (Arthur Taufer), Guilherme Queiroz (Douglas Kemmer) e Leandro Lima (Doni); Ricardo Jesus. Técnico: Julinho Camargo
Coritiba: Wilson; Leandro Silva, Thalisson Kelven, Alex Alves e William Matheus; Vitor Carvalho (Simião) e Vinicius Kiss; Iago Dias (Guilherme Parede), Yan Sasse e Alisson Farias (Nathan); Pablo Thomaz. Técnico: Eduardo Baptista
Gols: Guilherme Parede (33-2º) e Fred (42-2º)
Cartões amarelos: Vitor Carvalho, Leandro Silva, Simião, Nathan, Vinicius Kiss (C). Pará (J). 
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Público: 2.032 pagantes
Local: Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS)

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo

12 – Depois de escanteio, a bola bate no braço de Pablo Thomaz. O Juventude pede pênalti.
13 – A bola toca no braço de Vinícius Kiss, dentro da área. O Juventude pede pênalti.
17 – Guilherme Queiroz chuta de fora da área. Wilson defende no canto.
25 – Leandro Lima chuta de longe. Wilson defende no canto.
34 - Alisson Farias ajeita para Yan Sasse, que chuta da meia-lua. A bola vai sobre o gol.
43 – Leandro Silva faz boa jogada e cruza rasteiro. Iago Dias tenta finalizar de letra. O tiro sai fraco. O goleiro defende.
44 – Alisson Farias passa por dois e rola para Simião, na área. Ele chuta cruzado. O goleiro defende.
46 – Guilherme Queiroz chuta de fora da área. Wilson rebate. 

Segundo tempo
4 – William Matheus cruza. Pablo Thomaz chuta ao lado do gol.
7 – Coritiba sai jogando errado. Ricardo Jesus parte livre e rola para Guilherme Queiroz. Mesmo com o gol vazio, ele chuta para fora.
25 – Taufer dá passe em profundidade. Mattioni entra na cara do gol, mas cabeceia fraco. Wilson segura.
32 – Gol do Coritiba. Simião acerta belo lançamento. Guilherme Parede sai nas costas da defesa e toca na saída do goleiro.
42 – Gol do Juventude. Falta frontal. Fred cobra no ângulo.