Análise de desempenho

Coritiba tem o pior contra-ataque do Brasileirão desde 2013, mostra estudo

(Foto: Arquivo Bem Paraná/Geraldo Bubniak)

O Coritiba tem a menor média de gols marcados em jogadas de contra-ataque na história recente do Campeonato Brasileiro. O estudo do Espião Estatístico, do Globo Esporte, mostra que o time paranaense marcou sete gols em jogadas de contra-ataque nas 190 partidas que disputou na Série A desde 2013. A média é de um gol nesse tipo de situação a cada 0,04 partidas. Foram 115 finalizações do Coxa em lances desse tipo, média de 0,6 por jogo. Portanto, o clube paranaense precisou em média de 16 finalizações em contra-ataques para marcar um gol.

“O Espião Estatístico começou a coletar e classificar dados das partidas do Brasileirão em 2013, e esse é o único motivo para o recorte utilizado: são os dados detalhados de que dispomos nas 2.659 partidas realizadas pela Série A desde então”, explica. O estudo também levou em conta apenas os clubes que disputaram pelo menos 40% das rodadas nesse período (2013 a 2019).

Nessa especialidade, o melhor time nesse período é o Palmeiras, com 47 gols em 228 jogos — média de 0,21. Ou seja, tem uma média quase quatro vezes maior que o Coritiba.

O clube paranaense marcou 198 gols na primeira divisão desde 2013 – esteve nas edições de 2013, 14, 15, 16 e 17. Apenas 3% dos gols da equipe foram em jogadas de contra-ataque.

GOLS EM JOGADAS DE CONTRA-ATAQUE

Clube

Gols de contra-ataque por jogo

1º Palmeiras

0,206

2º Santos

0,184

3º Vitória

0,153

4º São Paulo

0,139

5º Bahia

0,137

6º Atlético-MG

0,136

7º Flamengo

0,128

8º Ponte Preta

0,125

9º Inter

0,118

10º Corinthians

0,109

11º Grêmio

0,109

12º Goiás

0,105

13º Vasco

0,105

14º Athletico

0,102

15º Sport

0,095

16º Cruzeiro

0,090

17º Fluminense

0,083

18º Chapecoense

0,066

19º Botafogo

0,066

20º Avaí

0,061

21º Figueirense

0,044

22º Coritiba

0,037

Fonte: Espião Estatístico