Publicidade
Barragem do Feijão

Corpo de paranaense grávida de cinco meses é identificado em Brumadinho

O corpo da paranaense Fernanda Damian de Almeida, que estava na lista de desaparecidos com o rompimento da barragem do Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG), foi identificado. A confirmação foi feita pelo Instituto de Identificação de Minas Gerais. A família da jovem recebeu a confirmação na noite deste sábado (16). 

Fernanda estava grávida de cinco meses e estava com o noivo na pousada que foi destruída pela lama da barragem. Atualmente, os dois estavam morando na Austrália e vieram ao Brasil em férias. Além do casal, o pai, a madrasta e a irmã do noivo também estavam na pousada.

A barragem da Vale se rompeu no dia 25 de janeiro. A lama destruiu um refeitório, o prédio da mineradora, a pousada, casas e vegetação.

165 mortos confirmados

Até este domingo (17), as autoridades contabilizaram 165 mortes confirmadas, 160 corpos identificados e 155 desaparecidos.

Noel Borges, que é de Campina Grande do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba, também está na lista de desaparecidos. Ele era funcionário de uma empresa que prestava serviços para a mineradora Vale.

DESTAQUES DOS EDITORES