Publicidade
Eleição

Corte Real do carnaval carioca

O Rei Momo 1° e Único, Wilson Neto, a Rainha Clara Francelino e a Primeira Princesa Deisiane Jesus e a Segunda Princesa Viviane Ramos
O Rei Momo 1° e Único, Wilson Neto, a Rainha Clara Francelino e a Primeira Princesa Deisiane Jesus e a Segunda Princesa Viviane Ramos (Foto: Fernando Maia)

Dizem que quem foi rei nunca perde a majestade. Tampouco as rainhas. Na última sexta-feira (25), o público na Cidade do Samba no Rio de Janeiro celebrou a eleição da Corte Real do Carnaval de 2019, que reeditou uma dobradinha de sucesso com a dupla Wilson Neto e Clara Paixão. Eleito pela quarta vez como Rei Momo 1° e Único, Wilson divide o reinado com Clara, que ganhou a coroa pela terceira vez. A Primeira Princesa eleita foi Deisiane Jesus, que já ocupou o mesmo cargo na Corte de 2018. A novata Viviane Ramos fecha o time como Segunda Princesa.
“A Corte é um símbolo do Carnaval, um dos eventos mais significativos da nossa cidade. É uma grande alegria eleger esse time que vai representar essa festa popular com tanta dedicação”, ressalta Marcelo Alves, presidente da Riotur.
Os candidatos a Rei Momo presentes foram observados por seu desembaraço, sociabilidade, facilidade de expressão, simpatia, espírito carnavalesco e domínio da arte de sambar. Já as candidatas a Rainha presentes foram julgadas por sua sociabilidade, facilidade de expressão, simpatia, espírito carnavalesco, beleza do rosto e harmonia de linhas físicas, além de domínio da arte de sambar.
Wilson ganhou o Título de “Rei Momo 1º e Único do Carnaval 2019”, uma coroa, uma faixa, um cetro e a quantia de R$ 30.000. O segundo colocado, Fabio Damião, levou R$ 3.500 e uma faixa de vice-rei. Clara, eleita “Rainha do Carnaval 2019”, ganhou uma coroa, uma faixa e também R$ 30.000. A segunda colocada, Deisiane, levou o título de 1ª Princesa do Carnaval 2019, uma tiara, uma faixa e a quantia de R$ 22.500. A terceira colocada, Viviane, tornou-se a 2ª Princesa do Carnaval 2019, conquistando também uma tiara, uma faixa e a mesma quantia de R$ 22.500.

DESTAQUES DOS EDITORES