Publicidade

Cruzeirenses destacam importância da intertemporada para vitória expressiva

A pausa das competições de clubes por causa da disputa da Copa América surtiu efeito positivo no Cruzeiro, que na noite desta quinta-feira encerrou um jejum de nove jogos sem vitória com o triunfo sobre o Atlético-MG,por 3 a 0, no Mineirão, pelo duelo de ida das quartas de final da Copa do Brasil.

"A gente estava nessa situação ruim, nos incomodando bastante, mas essa parada da Copa nosso time focou, trabalhou, fizemos o máximo das tarefas pedidas pelo professor. O mais importante foi os jogadores baterem no peito e chamarem a responsabilidade pelo momento que estávamos vivendo", destacou o zagueiro Dedé.

Autor do terceiro gol cruzeirense, o meia Robinho seguiu a mesma linha do companheiro e enalteceu o trabalho realizado por todos durante a pausa, elogiando também o técnico Mano Menezes.

"A gente perdeu a confiança em um momento do ano, mas temos um treinador que fez voltar a confiança. Essa parada da Copa América foi boa, conseguimos nos concentrar, fizemos reuniões entre jogadores para colocar as coisas no lugar, treinamos muito e deu resultado", afirmou Robinho.

O jogo de volta das quartas de final está marcado para a próxima quarta-feira, no Independência, e o Cruzeiro pode perder por até dois gols de diferença para avançar às semifinais. Antes, o time entra em campo no domingo, contra o Botafogo, no Mineirão, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES