Publicidade
Copa do Brasil

Cruzeiro não consegue decisão judicial para ter torcida na Arena

Cruzeiro não consegue decisão judicial para ter torcida na Arena
Arena da Baixada: torcida única na quarta-feira (Foto: Geraldo Bubniak)

O Cruzeiro não conseguiu uma decisão favorável da Justiça para permitir o acesso de torcedores do clube mineiro na Arena da Baixada na partida de quarta-feira (dia 16), contra o Atlético Paranaense, pela Copa do Brasil. 

O Ministério Público do Paraná está implantando um projeto piloto para a realização de jogos de futebol com a presença exclusiva de torcedores do time mandante. “A ação tem como principais objetivos reduzir a violência entre torcidas, otimizar o efetivo policial e trazer novamente aos estádios torcedores que se afastaram por conta de brigas”, explicou o Atlético, no site oficial. O projeto tem como primeiro passo o jogo contra o Cruzeiro.

O Cruzeiro não concordou com essa proposta do MP e do Atlético e entrou na Justiça, com um pedido de liminar. Nessa quarta-feira (dia 15), o juiz Rogério de Assis, da 21ª Vara Cível de Curitiba, declarou que não tem competência jurídica para julgar o caso, por ser um mandado de segurança contra um ato do MP, ação que tem que ser julgada na Vara da Fazenda Pública. O juiz não chegou a entrar no mérito da questão. 

Em seguida, a Vara da Fazenda Pública decidiu não conceder a liminar. Com isso, o jogo de quarta-feira será mesmo com torcida única. 

DESTAQUES DOS EDITORES