Balanço

Curitiba vacinou 1.487.796 pessoas contra a covid-19

(Foto: Pedro Ribas/SMCS)

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba imunizou, até esta terça-feira (19/10), um total de 1.487.796 pessoas com a primeira dose ou a dose única (Janssen) da vacina anticovid.

Ao todo, Curitiba já aplicou 2.768.142 unidades do imunizante, sendo 1.449.598 primeiras doses; 1.214.985 segundas doses; 38.198 doses únicas e 65.361 doses de reforço.

Assim, 76,4% da população total de Curitiba já recebeu ao menos uma dose do imunizante e 64,3% receberam as duas doses ou a dose única e completaram a imunização contra a covid-19.

Vacinados com 18 anos ou mais

Entre a população com 18 anos ou mais, 1.401.543 curitibanos receberam a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus. Um total de 1.253.071 pessoas acima dos 18 anos já completou o esquema vacinal até esta terça-feira (19/10). Destes, 1.214.873 pessoas receberam a segunda dose da vacina e outras 38.198 pessoas receberam a vacina em dose única.

Reforço

Curitiba também está aplicando as doses de reforço quem já completou o ciclo de imunização, nos seguintes grupos: idosos de 70 anos, pessoas imunossuprimidas e profissionais de saúde. Até esta terça-feira (19/10), 65.361 pessoas desses grupos receberam a dose de reforço.

Adolescentes de 12 a 17 anos

Até o momento, a SMS vacinou 48.055 adolescentes entre 12 e 17 anos. Destes, 112 já receberam também a segunda dose, sendo do grupo de gestantes abaixo de 18 anos.

Doses recebidas

Até o momento, Curitiba recebeu do Ministério da Saúde, repassadas pelo Governo do Paraná, 2.997.293 doses de vacinas, sendo 1.523.674 para primeira dose, 1.364.378 para segunda dose, 38.975 doses de aplicação única e 70.266 doses de reforço. Nesse montante já estão contabilizados os 5% de reserva técnica.

A reserva técnica é uma medida de segurança, faz parte dos protocolos da logística e é necessária para evitar problemas no fluxo de imunização que possam ser causados por imprevistos eventuais, como por exemplo, quebra acidental de frascos.

O município tem capacidade para vacinar até 30 mil pessoas por dia e o avanço do cronograma de imunização ocorre à medida que as doses são enviadas pelo Ministério da Saúde ao governo estadual, responsável por distribuir os lotes do imunizante aos municípios.