Publicidade
Em Budapeste

Curitibana ganha nove medalhas no Mundial de Natação

Curitibana ganha nove medalhas no Mundial de Natação

A curitibana Carla Horst ganhou o título de 'Caçadora de Medalhas' na Academia Gustavo Borges após voltar do Campeonato Mundial de Natação com nove medalhas, de nove provas. Realizado entre os dias 07 e 20 de agosto, em Budapeste (Hungria), a competição contou com atletas de polo aquático, saltos ornamentais, nado sincronizado, de águas abertas e de masters de natação, sendo a última a modalidade de Carla.

Foi o mundial mais forte da história do Master, com atletas batendo recorde o tempo todo, comenta a Carla, que também contribuiu para a quebra de alguns recordes. Com participação na categoria 35-39 anos, bateu dois recordes sul-americanos, um do campeonato e dois brasileiros, além de seis melhores tempos pós-gestação. Ficou no topo do pódio no revezamento feminino, no 4x50 livre e no 4x50 medley. Fiz tudo o que o meu técnico orientou. Eu fiquei muito feliz com o resultado, bem satisfeita. Não esperava chegar tão longe, conta a atleta.

Para alcançar tantas conquistas, a atleta comenta que o ponto chave é a rotina de treinos. Não tem segredo, é foco, determinação, planejamento e disciplina de treino. Tem que esquecer que é feriado, passar por cima dos problemas pequenos para se concentrar e manter o desempenho e ser teimoso – porque tem dias em que a gente não está bem e o treino não é bom, mas ninguém é avaliado por um treino só.

Carla trabalha como servidora pública e além da rotina de trabalho, também é esposa e mãe. Bernardo, o filho de quatro anos, é quem a acompanha nas competições. Ele está acostumado a ir comigo até nos balizamentos. Ele sabe o ritmo da mãe desde antes do nascimento competi até os oito meses de gestação. Como atleta, tinha como fazer isso com saúde. Só parei quando o médico exigiu repouso. E voltei a competir quando o Bernardo tinha quatro meses.

DESTAQUES DOS EDITORES