Turistando

Dicas para viajar sem saber o idioma do local que se visitará

(Foto: Arquivo pessoal)

Quem nunca escutou um amigo ou conhecido dizer que foi para tal país sem saber falar nada, e voltou "fluente"? Muito provavelmente ele ficou um bom tempo no local, já que a necessidade de se comunicar para poder viver por ali, fez com que ele aprendesse mais "rápido" expressões e treinasse ao vivo a comunicação com nativos. 

Certamente este é um modo muito interessante para aprender inglês, mas de uma coisa você pode ter certeza: mesmo para curtas viagens, saber alguns termos básicos pode te ajudar bastante a passar os dias, mesmo não sabendo falar o idioma nativo do local. É por isso que hoje falaremos um pouco mais sobre como realizar uma viagem curta sem saber muito da língua que falam no país de destino!

Confira abaixo três dicas essenciais para começar a viajar sem dominar outra língua:

Dica número 1: não vá de primeira para um lugar que você não saberá se virar

Se você não domina totalmente o inglês e vai para países que falam outra língua, como Alemanha, por exemplo, vai ser bastante complicado se virar por lá sem passar alguns perrengues. Caso não seja para estudar ou para trabalhar, opte por destinos populares entre os brasileiros ou que tenham alguma semelhança cultural com o nosso país.

Buenos Aires, Lisboa e Miami estão entre lugares que você não precisa saber muito do idioma nativo, pois há uma forte presença de brasileiros e latinos nos locais. A ideia é escolher algum país cuja dificuldade de se comunicar não seja tão complexa, para que após você ganhar a confiança de estar no exterior sem falar muito bem a língua, possa dar os próximos passos e aprender inglês mais profundamente para se comunicar melhor, por exemplo.

Dica 2: se preparar nunca é demais (ainda mais quando não sabemos o idioma, né?)

Imagine só como a estratégia de traçar o roteiro todo da sua viagem e entender mais ou menos como você vai precisar se comunicar pode te ajudar muito a não ser pego de surpresa?

Organizado ou não, essa é uma boa tática para viajar sem dominar a língua nativa, já que você pode conhecer mais o lugar antes de ir, se preparando para as possíveis interações que irá ter. Sem contar que este é um ótimo método para ter mais autonomia e não depender tanto do Google Tradutor ou de um guia, certo?

Para isso, nossa dica básica é: após definir o destino e a quantidade de dias, trace mais ou menos um roteiro dos lugares que você pretende conhecer, como fazer para chegar até eles, se há transporte próximo, horários de funcionamento, restaurantes locais, preços e coisas do tipo. Desta maneira, você saberá como se virar sem precisar pedir ajuda dos nativos. 

Depois, abuse do treino! Você pode pedir ajuda para alguém que fale fluentemente ou até mesmo iniciar um curso de inglês para viagens, caso dê tempo. É uma ótima alternativa para se preparar na comunicação básica do lugar, entendendo melhor expressões rotineiras e palavras-chave que podem te ajudar no dia a dia. 

Dica 3: palavras-chave são essenciais (sério!)

Não adianta muito ir para um destino que você não domina muito o idioma, se você não entender e saber falar o básico, não é? Assim como muitas personalidades de fora, quando entrevistadas ou para fazer shows e aparições no Brasil aprendem o básico "oi", "tchau, Brasil", "amo vocês" e o famoso "obrigado", é interessante compreender algumas expressões básicas para se virar em qualquer lugar.

Separamos as principais abaixo, confira:

Do you speak English? (Você fala inglês?)

I speak a little of English (Eu falo um pouco de inglês)

I do not speak English very well (Eu não falo inglês muito bem)

Can you speak more slower? (Você pode falar mais devagar?)

How are you? (Como vai você?)

My name is... (Meu nome é...)

Sorry (Desculpe)

Excuse me (Com licença / desculpe)

Could you help me? (Você poderia me ajudar?)

I would like a... (Eu gostaria de um(a)...)

I need to... (Eu preciso...) 

I don't know (Eu não sei)

It's okay, it's good (OK / tudo bem)

Onde fica...? (Where is...?)

Para a esquerda, para a direita (To the left, to the right)

Qual é a distância entre...? (What is the distance between...?)

I agree (Eu concordo)

Perdi a minha mala (I lost my baggage)

O voo está atrasado/cancelado (The flight is delayed/canceled)

Onde posso comprar uma passagem? (Where can I buy a ticket?)

Esse ônibus vai para...? (Does this bus go to...?)

Me leve para..., por favor (Take me to..., please)

Quanto custa um quarto? (How much does a room cost?)

Se você gostou deste artigo e quer aprender inglês para viajar, aproveite para buscar aulas especiais que focarão em te ensinar vocabulários para estas situações. Você pode optar por um curso online, que pode te ajudar inclusive quando você já estiver no seu destino!