Publicidade
Saúde

Doações de órgãos subiram 31% de janeiro a julho deste ano no Paraná

(Foto: Sesa-PR)

De janeiro a julho deste ano, o Paraná alcançou a marca de 324 doações de órgãos. No mesmo período do ano passado, foram 246 doações. Uma alta de 31% comparando os períodos. Além de melhorias no sistema de captação, e do uso de frota aérea e ambulâncias para o transporte de órgãos, o Sistema Estadual de Transplantes organiza e oferece capacitação profissional às equipes envolvidas no processo de identificação de possíveis doadores, abordagem das famílias, captação de órgãos e conscientização da população sobre a importância da doação.
Levantamento da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO) mostra que o Paraná conquistou o primeiro lugar em doação de órgãos no primeiro trimestre de 2018, com 44,2 doadores efetivos a cada milhão de habitantes. No mesmo período, o Estado ficou em primeiro lugar em transplantes de rim e terceiro lugar em transplante de fígado. 
Ontem, a Secretaria de Estado da Saúde homenageou o Hospital Bom Jesus de Toledo pelo empenho da comissão de procura de órgãos na sensibilização das famílias de possíveis doadores. A cerimônia aconteceu na sede do hospital e contou com a presença do secretário estadual da Saúde, Antônio Carlos Nardi.
 

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES