Ministro de Bolsonaro

'É factível', diz Paulo Guedes sobre zerar deficit no 1º ano de governo

Paulo Guedes
Paulo Guedes (Foto: EBC)

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Anunciado ministro da Economia pelo presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), Paulo Guedes afirmou na noite deste domingo (28) que é "factível" zerar o deficit já no primeiro ano de governo.

A medida está entre as propostas apresentadas por Bolsonaro no programa de governo entregue à Justiça eleitoral no início da campanha.

"Nós vamos tentar, nós vamos tentar. É factível, claro que é factível", disse, acrescentando que é necessário fazer o controle de gastos públicos.

De acordo com o Orçamento de 2019, a previsão é de um deficit de R$ 139 bilhões nas contas públicas.

Guedes evitou aceitar o título de ministro, afirmando que falta ainda um convite de Bolsonaro.

"Só posso falar depois de me convidar."

O economista comemorou o resultado das urnas: "É uma celebração, é uma democracia".