Publicidade
Na capital

Em 15 dias, quantidade de chuva em Curitiba supera a média de outubro

Tempo instável pode durar até amanhã, depois esquenta; fim de semana pode ter sol
Em 15 dias, quantidade de chuva em Curitiba supera a média de outubro
Curitiba molhada nos últimos dias (Foto: Franklin de Freitas)

Um grande volume de chuva nos primeiros 15 dias de outubro foi registrado nas regiões do Paraná, em especial os extremos Noroeste e Sul e na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Na Capital, até o final da noite de segunda-feira, eram 155 milímetros de chuva, superando a média do mês, que vai de 116 a 140 mm. Grandes volumes também foram registrado em parte do Litoral (281 mm), Noroeste na divisa com o Mato Grosso do Sul (226 mm) e a região de foz do Iguaçu (209 mm).

Essa condição de muita chuva já era esperada com a chegada da primavera. Depis de um inverno mais seco que o normal, os próximos meses devem sentir os efeitos do fenômeno El Niño, que deve provocar mais chuvas na região. Em Curitiba chove praticamente sem parar desde o feriado, e a instabilidade deve continuar pelo menos até quinta-feira (18). O sol pode aparecer entre nuvens no sábado e no domingo o tempo fica bom.

Já com relação às temperaturas, a partir de hoje os termômetros devem apresentar alta nas máximas e mínimas, variando entre 15 e 27 graus até a sexta-feira. No sábado, contudo, pode haver resfriamento na Capital. Neste mês ainda há previsão de mínima abaixo dos 10ºC, na próxima segunda-feira.

Temperaturas baixas em outubro não são comuns, mas também não são raras. A menos temperatura registrada no mês aconteceu em 1.970, quando a marca caiu até -1,5ºC. A temperatura máxima registrada foi em 1986, quando os termômetros chegaram a 34ºC.

DESTAQUES DOS EDITORES