Publicidade
Celebridades

Em filme, Othon Bastos agoniza no papel de Tancredo Neves

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - “Vinte anos de luta para a volta da democracia dependem de mim.”

Em “O Paciente”, o ator Othon Bastos vive Tancredo Neves em seus últimos dias, sob direção de Sergio Rezende, de “Salve Geral”.

No ano passado, em entrevista, o cineasta já havia adiantado que a obra seria “um thriller sobre a sucessão de bate-cabeças entre os médicos que o atenderam”.

Ao componente médico, o cineasta soma o tempero político, já que Tancredo foi o primeiro presidente civil do país pós-ditadura militar.

O longa será lançado nos cinemas em 13 de setembro.

DESTAQUES DOS EDITORES