Publicidade
Municipais

Escolas com melhor Ideb são homenageadas e 12 farão intercâmbio na Finlândia

Escolas com melhor Ideb são homenageadas e 12 farão intercâmbio na Finlândia
(Foto: Levy Ferreira/SMCS)

O prefeito Rafael Greca homenageou nesta terça-feira (16/10) as escolas municipais que se destacaram na mais recente avaliação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), divulgada em setembro pelo Ministério da Educação.

Em solenidade no Salão de Atos do Parque Barigui, 103 representantes das unidades receberam menções honrosas e 12 escolas foram contempladas com uma viagem de intercâmbio à Finlândia, em maio de 2019. Cada unidade enviará um representante, a ser definido.

As escolas municipais foram homenageadas por apresentar evolução ou as mais altas notas no Ideb, que é o principal indicador da qualidade de ensino no Brasil.

O prefeito parabenizou os profissionais pelo desempenho. “A vida é muito curta pra ser pequena. Às crianças deve ser dado o melhor. Vamos criar uma geração de curitibinhas capaz de absorver os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), capaz de compreender a grandeza da pátria”, disse o prefeito.

“Desejo que nossos professores deem a nossos curitibinhas uma escola inesquecível e que seja capaz de fazê-los cidadãos protagonistas do futuro”, completou Greca.

A secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila, destacou a importância do diagnóstico do Ideb. “A avaliação serve para olhar o passado e vislumbrar o futuro. A qualidade da nossa educação está pautada em ações de superação”, disse Maria Sílvia. Para ela, o bom desempenho no Ideb se deve a vários fatores, entre eles os investimentos na formação dos professores.

Para a diretora da Escola Municipal Pilarzinho, Siméia Araújo Brasileiro, foi um dia especial. “Esse reconhecimento é importante por valorizar o trabalho que é feito dentro das escolas”, afirmou Siméia. A escola foi a que teve o maior crescimento de Ideb entre as unidades da rede municipal, passou de 4,7 (2015) para 6,4 (2017).

O intercâmbio para a Finlândia foi concedido às cinco escolas que mais cresceram no Ideb, às cinco com melhor índice e para duas integrantes do programa Transformando Realidades: Equidade na Educação. A definição destas duas últimas unidades – Padre José de Anchieta (Portão) e Érica Plewka Mlynarczyk (Tatuquara) - foi feita por sorteio, durante o evento.

O programa Transformando Realidades: Equidade na Educação reúne estratégias para que todos os estudantes avancem em suas trajetórias. Das dez escolas municipais com maior crescimento no Ideb, seis pertencem ao programa.

Meta superada

O Ideb das escolas municipais para os anos iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º anos) passou de 6,3 para 6,4 e superou em 3,2% a meta estabelecida pelo Ministério de Educação para a cidade, que era de 6,2.

Os dados são referentes ao ano de 2017. Com este desempenho, Curitiba continua com o melhor ensino público do país entre as capitais com mais de um milhão de habitantes.

As escolas Jardim Santo Inácio e Pilarzinho, contempladas com o menções honrosas, já receberam, em setembro, a comenda Ordem da Luz dos Pinhais, entregue a diversas personalidades pelo prefeito.

Finlândia

Em setembro do ano passado foi firmada parceria pela Prefeitura de Curitiba com o governo finlandês. O objetivo é dar oportunidade a professores da rede municipal para intercâmbio pedagógico com aquele país. Entre os critérios para participar está o resultado do Ideb.

No mês de maio, a secretária da Educação esteve na Finlândia para apresentar o modelo de formação profissional ofertado na rede municipal.

Presenças

Participaram da solenidade o vice-prefeito e secretário municipal de Obras, Eduardo Pimentel; o presidente da Cohab, José Lupion Neto; e os vereadores Thiago Ferro e Oscalino do Povo.

Da Secretaria Municipal da Educação estavam os superintendentes Elisangela Mantagute (Gestão Educacional) e Oséias dos Santos Oliveira (Executivo); os diretores Simone Zampier (Ensino Fundamental), João Reis (Desenvolvimento Profissional) e Gislaine Budel (Inclusão e Atendimento Educacional Especializado); os coordenadores Adriano Guzzoni (Recursos Financeiros Descentralizados) e Estela Endlich (Tecnologias Digitais e Inovação); chefes de Núcleo, diretoras e vice-diretoras das escolas.  

Unidades contempladas com intercâmbio na Finlândia:

Escolas municipais Pilarzinho, Augusto César Sandino, Donatilla Caron dos Anjos, São Miguel, Madre Maria dos Anjos, Jardim Santo Inácio, Leonor Castellano, Dom Manuel da Silveira D´elboux, Jaguariaíva, Professor Guilherme Butler, Padre José de Anchieta e Érica Plewka Mlynarczyk.

DESTAQUES DOS EDITORES