EUA: lideranças democratas questionam se Cuomo deveria deixar governo de NY

Líderes democratas no Legislativo do Estado de Nova York questionavam se o governador Andrew Cuomo poderia continuar no cargo, no momento em que ele enfrenta mais acusações de comportamento inapropriado, além de uma investigação federal sobre como lidou com a covid-19 em casa de repouso estaduais.

Líder da maioria democrata no Senado local, a democrata Andrea Stewart-Cousins disse neste domingo que "para o bem do Estado, o governador Cuomo precisa renunciar". Neste domingo, Cuomo disse que não iria deixar o posto "baseado em alegações" e alegou perseguição política.

Neste sábado, o Wall Street Journal reportou que uma ex-assessora, Ana Liss, disse que Cuomo perguntou se ela tinha namorado, tocou seu corpo na parte de baixo das costas e beijou sua mão, entre outros comportamentos inadequados. Outra ex-assessora, Karen Hinton, disse que ele a abraçou de modo inapropriado em um quarto de hotel em 2000.

Promotores federais investigam como assessores do governador pressionaram pela alteração de um relatório do Departamento de Saúde para mostrar um número menor de mortes nas casas de repouso, disseram fontes ligadas ao assunto. Fonte: Dow Jones Newswires.