Publicidade
Esporte

Festival de Punhobol de Curitiba terá participação de 200 estudantes municipais

(Foto: Divulgação/SMCS)

Um grupo de 200 estudantes da rede municipal de ensino de Curitiba se prepara para participar do Festival de Punhobol, que acontecerá em 21 de novembro, a partir das 14 horas, na Praça Oswaldo Cruz, no Centro. O evento será aberto à comunidade, com entrada gratuita e servirá para comemorar os bons resultados alcançados com o projeto desenvolvido para ensinar o esporte para meninos e meninas em sete escolas municipais da cidade.

Ao longo de toda a tarde, os estudantes vão se revezar em circuitos e brincadeiras usando os fundamentos da modalidade que foi precursora do vôlei. As equipes vão jogar entre si, aproveitando o festival como encerramento das atividades do ano. Todos os participantes receberão camisetas e medalhas.

Parceria

O projeto Punhobol nas Escolas teve início em maio deste ano, a partir de uma parceria entre as secretarias municipais da Educação, Esporte, Lazer e Juventude (Smelj) e a Federação Paranaense de Punhobol, que tem apoio da Lei de Incentivo ao Esporte da Prefeitura de Curitiba.

Mais de 300 estudantes de sete escolas municipais participam do projeto que poderá ser ampliado em 2019, para um número maior de escolas.

O punhobol é um esporte alternativo, de fácil assimilação e que colabora no desenvolvimento dos princípios de coletividade e cooperação. “Queremos tornar o esporte mais conhecido para fora dos portões dos clubes onde é praticado”, explicou o presidente da Federação Paranaense de Punhobol, José Roberto Vinharski.

Veredas Formativas

Os estudantes são ensinados por professores municipais que recebem formação sobre o esporte, ofertada pela Federação Paranaense de Punhobol. As aulas fazem parte do Veredas Formativas, o programa de formação dos profissionais da rede municipal de ensino.

“É uma prática esportiva que vai além das disputas dentro dos campos, é um esporte que agrega valores, fornece habilidades necessárias para o desenvolvimento físico, psicomotor e reforça o processo de formação da cidadania”, disse a coordenadora de projetos da Secretaria Municipal da Educação, Andrea Barletta.

O esporte, destaca Vinharski, é um importante aliado da política nacional de divulgação do Brasil para o mundo. “E Curitiba se destaca no cenário nacional do punhobol, com bom desempenho de atletas dos clubes Mercês, Curitibano e Clube Duque de Caxias”, disse.

Equipes do Duque de Caxias conquistaram os campeonatos brasileiros e Panamericanos disputados em outubro, em Buenos Aires.

Incentivo ao Esporte

Criada em 2002, a Lei Municipal de Incentivo ao Esporte capta recursos do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e investe em atletas, paratletas, instituições sociais e projetos na área do esporte. Neste ano estão sendo distribuídos R$ 3,6 milhões para 425 projetos esportivos em 45 modalidades diferentes. No total, aproximadamente 10 mil pessoas estão sendo beneficiadas em Curitiba.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES