Publicidade
Antes do feriado

Fonoaudiólogos chamam a atenção para os acidentes nas estradas

Acidentes frontais s\u00e3o os que mais resultam em traumas de face
Acidentes frontais s\u00e3o os que mais resultam em traumas de face (Foto: Franklin de Freitas)

Motoristas que viajarem pela BR-277, entre Curitiba e Litoral do Paraná, e pela BR-116, sentido Santa Catarina, na semana dos feriados prolongados da Independência (sexta-feira) e da Padroeira de Curitiba (sábado), serão abordados sobre um tema pouco falado, mas que impacta a vida de qulquer um. Trata-se do trauma de face, um tipo de lesão bastante comum em acidentes em estradas, principalmente quando a colisão tem característica frontal. Nas praças de pedágio da Ecovia e da Arteris Planalto Sul os usuários receberão material de orientação a partir da terça-feira.
A ação de conscientização é iniciativa do Conselho Regional de Fonoaudiologia (Crefono3), que abrange os Estados do Paraná e Santa Catarina e representa mais de três mil fonoaudiólogos. O objetivo é esclarecer a população sobre como tratar e como buscar auxílio fonoaudiológico para a melhor recuperação dos pacientes.
Um levantamento feito pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), mostra que nos primeiros quatro meses de 2018 foram registrados 2.886 acidentes em rodovias federais do Paraná, com 2.740 pessoas feridas e 144 mortes. Sendo somente colisões frontais, tipo de acidente que mais resulta em trauma de face, 146 acidentes, com 279 pessoas feridas e 39 mortes.
Na BR-277, a ação acontece no km 61, sentido Paranaguá, no Posto de Pedágio da Ecovia e na BR-116, sentido Santa Catarina, nas praças de pedágio de Fazenda Rio Grande e de Rio Negro.
 

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES