Publicidade
Carreira & Cia.

Futuro do trabalho, tecnologia e humanização do mundo corporativo

Futuro do trabalho, tecnologia e humanização do mundo corporativo
Jornalista e Empreendedora Ana Carvalho (Foto: Divulgação)

Talvez nunca se discutiu tanto sobre o futuro do trabalho e os especialistas anunciam ao mundo que muitas das nossas atividades serão substituídas por robôs. Nessa mesma linha de raciocínio, o autor Frederic Laloux, no livro Reinventando Organizações, aponta que não há motivos para desespero ou desânimo, porque os robôs vão dar conta de tarefas facilmente padronizadas, enquanto nós poderemos, finalmente, voltar os olhos para desenvolver atividades criativas e da nossa essência. Implícito nos dois discursos está a necessidade de reinvenção constante. Você está se preparando para isso?

Mindset para o crescimento
Se o mundo caminha para a urgência de reinvenção e o emprego ficará cada vez mais escasso, o universo está conclamando a todos a encontrar novas formas de empregabilidade e, ao mesmo tempo, de ganhar o pão nosso de cada dia. Exemplo disso é a jornalista Ana Carvalho, que aos 22 anos de carreira e que, mesmo com duas pós-graduações e um Mestrado, nunca deixou de se reinventar. 

Busca permanente de novos desafios
Ela é daquelas profissionais da geração X com jeito de Y, ou seja, estão em permanente busca de novos desafios. E acaba de fundar a empresa Human2Human que, a princípio, vai oferecer serviços de consultoria em comunicação e marketing, mas ela mesma vislumbra um propósito maior. “Eu acredito na humanização das relações ditas humanas, mas que a cada dia estão mais mecânicas e distantes da conexão pessoal. São poucas as organizações que lidam com a qualidade de vida emocional e espiritual dos seus colaboradores, já que esses assuntos as empresas deixam para que cada um lidea seu modo. Acontece que esses assuntos fazem parte de empresas que se preocupam com o ser humano em sua integralidade”, afirma.
Maior conexão entre as pessoas
Por isso, o propósito da Human2Human é promover a conexão entre pessoas por meio de programas integrativos, que abram espaço para que as pessoas possam refletir sobre elas mesmas por meio de vários programas. “A felicidade é um tema ainda negado pelas empresas que dizem promover um ambiente feliz, mas onde espiritualidade, diversão e autoconhecimento não são temas abertamente discutidos”. Esse questionamento e essa inquietação levaram a jornalista, empreendedora, coach e escritora Ana Carvalho a colocar na prateleira esses benefícios. Quem tem olhos de ver, colherá os resultados. Isso é reinvenção. Mais informações: (41) 99604-2102 [email protected]


CURTAS:

  • A arquitetura funcional do Restaurante Parada Gourmet 121 facilita a integração nesses dias de Copa. Para o proprietário  Moacyr Soares Filho “As pessoas aproveitam o horário de almoço para criar novas interações e tornar mais agradável o buffet diário, com mais de 80 receitas distribuídas ao longo do mês”. De Segunda a Sábado das 11:30 às 14:30. Rua Murilo do Amaral Ferreira, nº121-Água Verde. https://www.facebook.com/ParadaGourmet121/?rc=p
  • Expansão de empregos e negócios. Em comemoração aos 30 anos de mercado, a Campestre Flores & Decor inaugura um novo endereço na próxima quinta, dia 21. Ao longo de sua trajetória, a marca sempre procurou inovar na seleção de peças decorativas e flores permanentes. Agora, a nova loja, localizada na Av. Pres. Arthur Bernardes, 900 (bairro Portão), está mais moderna, oferecendo ao mercado curitibano as maiores tendências no segmento.  A proposta foi aproveitar o amplo espaço de 450 m².

FRASE;

“A decisão é uma faca afiada que corta com regularidade e retidão. A indecisão é uma faca cega que pica e rasga e deixa para trás pontas desiguais”
(Jan Mckeit)

 

DESTAQUES DOS EDITORES