Publicidade
Botafogo 2 x 0 Atlético-PR

Goleiro Santos se salva na derrota do Atlético para o Botafogo

O goleiro Santos, do Atlético, se salvou na derrota para o Botafogo (2 a 0), na noite desta quarta-feira (13), no Rio de Janeiro. Teve a maior nota entre os jogadores do clube paranaense.

Santos (6,0)
Sem culpa nos gols. Irregular na bola alta. Fez três boas defesas

Zé Ivaldo (5,0)
Cometeu um pênalti polêmico. Teve dificuldade na marcação

Thiago Heleno (5,5)
O mais estável entre os três defensores.

Bruno Guimarães (4,5)
Perdeu muitas bolas e foi presa fácil para os jogadores adversários

Renan Lodi (4,0)
Entrou no intervalo. Perdeu bolas, levou dribles, errou 25% dos passes. Ainda falhou no 2º gol

Marcinho (5,5)
Algumas boas jogadas pelo lado direito. Perdeu duelos na defesa

Camacho (5,5)
Foi bem nos desarmes e mal nos passes. Quase entregou um gol

Raphael Veiga (5,5)
Acertou 96% dos passes e deu dois chutes a gol. No 2º tempo, não foi visto

Carleto (5,5)
Mal na marcação. Esforçado e presente no apoio pelo lado esquerdo

Nikão (5,0)
Apareceu pouco e finalizou mal quando teve a chance

Bergson (4,5)
Errou 17% dos passes. Três finalizações, nenhuma perigosa. Facilmente desarmado

Ederson (sem nota)
Entrou aos 32-2º. Praticamente não pegou na bola

Guilherme (4,0)
Mal apareceu no jogo. Inoperante pelos lados do ataque

Pablo (5,5)
Entrou aos 5-2º. Conseguiu algumas boas jogadas

DESTAQUES DOS EDITORES