Publicidade
Previdência

Governo deve propor mudanças em texto

A líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), afirmou ontem que as mudanças previstas para o relatório da reforma da Previdência, que deve ser votado pela comissão especial da Câmara nesta semana, aumentarão em “alguns bilhões” a economia esperada para a proposta. “Já houve um acréscimo de alguns bilhões à economia estimada no relatório apresentado em relação ao que será votado. Estamos com uma expectativa boa porque estamos muito perto de uma economia de R$ 1,1 trilhão”, disse.
O valor mencionado pela deputada corresponde ao total que havia sido previsto pela equipe econômica do governo quando a reforma foi encaminhada para o Congresso. Joice não deu detalhes das mudanças que serão apresentadas, mas adiantou que alguns pleitos de categorias policiais - como a pensão integral por morte - e o pagamento do Benefício de Prestação Continuada para pessoas portadoras de doenças raras foram contemplados.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES