Publicidade
Caiu

Há 11 jogos sem vencer e com 99,94% de chance de rebaixamento, Paraná demite executivo de futebol Rodrigo Pastana

Há 11 jogos sem vencer e com 99,94% de chance de rebaixamento, Paraná demite executivo de futebol Rodrigo Pastana
(Foto: Geraldo Bubniak)

O executivo de futebol Rodrigo Pastana não faz mais parte dos quadros do Paraná Clube. Na noite deste sábado (15 de setembro), o presidente paranista, Leonardo de Oliveira, divulgou uma nota oficial comunicando o desligamento do profissional, que foi um dos principais responsáveis pela montagem do time que conseguiu o acesso à Série A do Campeonato Brasileiro no ano passado. Nesta temporada, contudo, ele não conseguiu montar uma equipe competitiva para a disputa da competição, tanto que hoje, restando ainda 14 rodadas para o fim do campeonato, o clube possui 99,94% de chance de rebaixamento, de acordo com o site Chance de Gol.

A demissão de Pastana acontece no mesmo dia em que a equipe paranista sofreu uma acachapante derrota em Porto Alegre para o time reserva do Grêmio, num jogo em que os gaúchos venceram por 2 a 0 e praticamente passearam em campo na segunda etapa, fazendo o adversário, lanterna do Brasileirão, amargar uma sequência de onze jogos sem vitória.

A pressão sobre o executivo de futebol, contudo, já não vem de hoje. No último dia 3, a torcida organizada Fúria Indepente chegou a divulgar uma nota na qual exigia a demissão de Pastana. "Viemos publicamente EXIGIR a saída imediata do Executivo de Futebol, Sr. Rodrigo Pastana, do cargo que ocupa atualmente no PARANÁ CLUBE. O motivo é óbvio à todos: desempenho péssimo dentro de campo. Foram diversos erros na montagem do elenco deste ano e o time está afundado na zona de rebaixamento. Além da falta de resultados no Campeonato Estadual e na Copa do Brasil. Infelizmente o trabalho deu errado", argumentaram os torcedores no texto.

Com a saída de Pastana, o atual gerente de futebol, Marcos Oliveira, passará a responder pelo Departamento de Futebol Profissional do clube. Ainda não está claro, contudo, se essa será uma solução temporária ou se o ex-goleiro e ídolo paranista assume o cargo em definitivo, inclusive com a possibilidade de pensar o elenco para a próxima temporada - algo que a torcida tem cobrado muito nos últimos tempos é o maior aproveitamento de jogadores da base no time principal.

Confira abaixo a íntegra da nota divulgada no site do Paraná Clube

O Paraná Clube comunica o desligamento do Executivo de Futebol Rodrigo Pastana na noite deste sábado (15). O Conselho Diretor agradece o trabalho desenvolvido na reestruturação e profissionalização do Departamento de Futebol do clube, que teve o seu ponto alto no acesso à Série A do Campeonato Brasileiro, em novembro de 2017.

Com a saída de Rodrigo Pastana, o atual Gerente de Futebol, Marcos Oliveira, responderá pelo Departamento de Futebol Profissional.

Atenciosamente

Leonardo de Oliveira

Presidente do Paraná Clube

DESTAQUES DOS EDITORES