Publicidade
Sem Barreira

Hinchcliffe vence etapa da F-Indy de São Paulo

Com uma arrancada no final, para assumir a liderança só na última curva do circuito de rua do Anhembi, o canadense James Hinchcliffe venceu ontem a etapa de São Paulo da Fórmula Indy. Entre os três pilotos brasileiros na prova, o melhor resultado foi de Hélio Castroneves, que conseguiu apenas o 13.º lugar, o que o fez perder a liderança do campeonato para o japonês Takuma Sato, que foi o segundo colocado na emocionante corrida recheada de bandeiras amarelas, como é tradição na categoria. Dessa vez sem chuva, a etapa de São Paulo teve um final empolgante. Quando faltavam apenas três voltas para a bandeirada, Hinchcliffe estava em terceiro lugar — tinha largado na quinta posição e se manteve sempre no pelotão de frente. Ele, então, ultrapassou o norte-americano Josef Newgarden e partiu com tudo para cima de Takuma Sato. O piloto canadense pressionou bastante o japonês, mas só conseguiu passar já na última curva da última volta da corrida, cruzando em primeiro.
A participação brasileira na etapa de São Paulo foi frustrante. O melhor piloto do Brasil durante a corrida era Tony Kanaan, que chegou a liderar em alguns momentos e tinha chances reais de vitória, o que empolgava o público de cerca de 60 mil pessoas que lotou as arquibancadas do circuito do Anhembi. Mas, por um erro de cálculo, ficou sem combustível, parado na pista. Após ser rebocado para os boxes, ele ainda conseguiu continuar na prova, apenas para cumprir tabela e tentar ganhar alguns pontos Hélio Castroneves, por sua vez, chegou ao Brasil para a disputa da quarta etapa da temporada como líder da Fórmula Indy. Sonhava com uma vitória inédita em São Paulo. Mas temrinou na 13.ª colocação.

NBA
Liderado por uma grande atuação de Joakim Noah, autor de 24 pontos, 14 rebotes e seis tocos, o Chicago Bulls venceu o Brooklyn Nets por 99 a 93, no único jogo deste sábado pelos playoffs da NBA, em Nova York, fechou a série melhor de quatro partidas entre os dois times em 4 a 3 e assegurou classificação para a semifinal da Conferência Leste da liga de basquete dos Estados Unidos. Com a vitória, o Bulls agora terá pela frente o Miami Heat, atual campeão da NBA, a partir de hoje, fora de casa, no primeiro jogo da série melhor de sete confrontos entre as duas franquias. O poderoso time da Flórida foi à semifinal ao eliminar com tranquilidade o Milwaukee Bucks por 4 a 0.

Vôlei de praia
Um dia depois de Bruno Schmidt/Pedro Solberg e Ricardo/Álvaro Filho ganharem prata e bronze, respectivamente, o Brasil fechou o Grand Slam de Xangai do Circuito Mundial de Vôlei de Praia no topo do pódio, ontem. Com direito a uma vitória arrasadora na final, Taiana e Talita garantiram a medalha de ouro entre as mulheres, sendo que o País ainda teve as irmãs Maria Clara e Carol conquistando o terceiro lugar desta segunda etapa da temporada. Na decisão, Taiana e Talita bateram as austríacas Schwaiger D. e Schwaiger S., superadas com parciais de 21/13 e 21/11.

Atletismo
O brasileiro Mauro Vinícius da Silva, mais conhecido como Duda, conquistou ontem a medalha de ouro do salto em distância no Grand Prix de Atletismo em Tóquio, no Japão. Atual campeão mundial indoor da prova, ele venceu a competição japonesa com a marca de 7,99 metros, superando o sul-africano Zack Visser (7,84 metros) e o bermudense Tyrone Smith (7,61 metros). Mas não conseguiu fazer o índice de 8,10 metros para o Mundial de Moscou, em agosto.

Tênis
O suíço Stanislas Wawrinka faturou o título do Torneio de Oeiras, ontem, em Portugal, ao superar em grande estilo o favoritismo do espanhol David Ferrer na final do ATP 250 português realizado em quadras de saibro. Ele venceu por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/4, em apenas uma hora e quatro minutos de confronto.

Tênis (II)
Um dia depois de Thomaz Bellucci anunciar a sua desistência do Masters 1000 de Madri, alegando ainda estar se recuperando de uma lesão abdominal, João Souza, o Feijão, se garantiu ontem como único tenista do Brasil na chave principal da importante competição realizada em quadras de saibro na Espanha. Ele avançou ao contar com a desistência do francês Paul-Henri Mathieu quando vencia o terceiro set por 4 a 1. Antes disso, o brasileiro foi superado por 6/1 na primeira parcial e ganhou a segunda por 7/6 (7/5). Feijão agora terá pela frente, na estreia pela chave principal, o francês Benoit Paire.

DESTAQUES DOS EDITORES