Publicidade

Homem morre após salvar crianças de explosão em creche

Morreu nesta quarta-feira (4) Antônio Eduardo Marcondes, de 31 anos. O homem estava internado desde o dia 20 de novembro, após uma explosão causada por um vazamento de gás em uma creche no bairro Pilarzinho, em Curitiba.

O homem era vizinho da creche e arrumava o carro de um amigo quando duas auxiliares de cozinha, que também ficaram queimadas e estão na UTI do Hospital Evangélico, pediram ajuda na retirada das crianças. Sem medir esforços, o homem entrou no local mas acabou com 90% do corpo queimado após a explosão.

Em entrevista ao Brasil Urgente, da Band TV, Sérgio Cardoso, primo da vítima, afirmou que Antônio cumpriu bem o objetivo dele de praticar o bem. Ele não media esforços para ajudar alguém. Foi uma pessoa que sempre praticou o bem, afirmou.

A creche é mantida pela associação Apoio e tem convênio com a prefeitura de Curitiba. Após vistoria do Corpo de Bombeiros, o local foi liberado e já voltou a funcionar normalmente.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES