Publicidade
Novo olhar

Imagens aéreas viram as 'queridinhas' nas redes sociais

Com a chegada dos drones ao mercado, os profissionais de fotografia e filmagem experimentaram uma verdadeira revolução e puderam ter à disposição recursos antes só acessíveis à grande indústria que dispunha de helicópteros para realizar imagens aéreas, o que barateou e tornou acessível essa modalidade.

Com estes equipamentos disponíveis no mercado qualquer pessoa consegue fazer uma imagem ou filmar uma cena aérea, desde que siga as regras pré-definidas pela Agência Nacioal de Aviação Civil (Anac)

Para ajudar os interessados em aproveitar todo o potencial desta tecnologia, o filmmaker Gabriel Queiroz, criador do We Go Film e conhecido como uma referência internacional no uso de drones para filmagens, traz algumas dicas para produzir imagens espetaculares.



Dicas para boas imagens aéreas

1 Vá devagar
Acelerar com o drone ‘ao infinito e além’ como se estivesse indo ao resgate de alguém apressadamente não é o melhor no caso da filmagem. Pode ser muito divertido para brincar com o drone, mas não vai fornecer as melhores imagens. Por isso, é importante ir devagar, subir aos poucos. Isso dá ao espectador a impressão de que você está filmando a partir de uma plataforma maior, como um helicóptero, além de proporcionar uma transição mais suave. É importante usar movimentos graduais e lembrar para acelerar e desacelerar lentamente. Com isso, se evita que a câmera trema ao redor com os movimentos mais rápidos, aumentando as chances de ter distorções ou “efeitos de gelatina”.

2 Planejamento
Planejar e visualizar o maior número de cenas aéreas que puder é o primeiro passo. Para isso, é recomendável conhecer o seu local de filmagem antes do voo, e levar em conta as limitações da área. Saber o que vai precisar antes do tempo também ajuda a otimizar a vida útil da bateria do drone, pois os modelos comerciais em média não têm autonomia maior do que 30min com uma carga completa de bateria.

3 Use dois eixos de movimento
No cinema, cenas aéreas são tipicamente feitas voando com dois eixos em movimento ao mesmo tempo. Um exemplo seria voar para trás e para baixo, ao mesmo tempo, a uma velocidade suave e constante.

4 Explore as perspectivas
Movimentos laterais funcionam muito bem para mostrar paisagens de uma perspectiva diferente. Como a maioria das paisagens são mostrados em vídeos aéreos com o drone movendo-se apenas para a frente ou para trás, um vídeo em perspectiva pode se destacar.

5 Considere o clima e a hora do dia
Quando se trata de meteorologia, praticamente se fica à mercê da mãe natureza. É melhor voar em dias claros ou nublados sem chuva. Em dias mais frios, pode haver condensação com a altitude e isso é algo que é desejável evitar.

6 Cuidado com o vento
O vento é o maior inimigo da filmagem com drone. Evite tentar obter vídeos com drones em um dia de muito vento; Não voe quando os ventos estiverem a mais de 30 km/h ou se há rajadas fortes, para não precisar recorrer ao After Effects para remover o efeito jello do seu material, o que não é recomendado. Melhor é o video vir o mais ‘pronto’ possível.

7 Corrija distorções
O primeiro passo antes de levantar voo é remover qualquer distorção da filmagem, principalmente se vai filmar com uma GoPro, que tende a deixar a imagem ovalada. Os resultados são muito melhores se filmar em 4K e com saída em 1080p; Isso lhe dá mais densidade de pixels em uma composição 1080p e vai ajudar a preservar a qualidade da imagem. Para isso usa-se o efeito Optics Compensation. Marque a caixa que diz Reverse Lens Distortion. Costuma-se usar o valor de campo de visão entre 70 e 80.
Para uma filmagem ainda maior, verifique a caixa que diz Optimize Pixels. Isto irá alargar-se a filmagem de volta para a largura original, mas você vai precisar adicionar barras pretas na parte superior e na parte inferior, essencialmente, convertendo este tiro a uma razão de 02:35.

8 Adicione Motion Blur
Se tiver que filmar a uma velocidade mais elevada, ou estiver usando uma câmera GoPro e não tiver controle sobre a velocidade da câmera, provavelmente vai querer adicionar um efeito de borrão de movimento para a sua filmagem no After Effects para torná-la mais natural.
Use um efeito como Pixel Motion Blur ou de terceiros plug-in Reel inteligente Motion Blur . Isto irá ajudar a adicionar motion blur natural para o seu vídeo e vai neutralizar qualquer efeito estroboscópico pesado (geralmente com árvores, carros, etc).

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES