Publicidade

Inflação ao produtor nos EUA sobe 0,1% em junho ante maio

O índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) dos Estados Unidos subiu 0,1% na passagem de maio para junho, informou nesta sexta-feira o Departamento do Trabalho americano, ligeiramente acima da previsão de analistas consultados pelo Wall Street Journal, de estabilidade do indicador.

O ganho modesto no índice mascarou comportamentos divergentes de dois dos seus componentes mais voláteis, energia e serviços de comércio, que medem margens de lucro em empresas de varejo e atacado. Os preços de energia despencaram 3,1% em junho em relação a maio, enquanto os de serviços de comércio saltaram 1,3%. Os preços de alimentos, que também mostram grande variação de mês a mês, avançaram 0,6% em junho.

Já o núcleo do PPI, em que se excluem alimentos e energia, subiu 0,3% na passagem de maio para o mês passado, quando o esperado por analistas era aumento de 0,2%.

Uma outra medida, em que além de alimentos e energia se exclui também os serviços de comércio, apontou preços estáveis no mesmo intervalo. Economistas previam que esse dado subisse 0,2%.

Em comparação com junho de 2018, o PPI cheio teve alta de 1,7%, enquanto o núcleo cresceu 2,3%.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES