Publicidade
Copa 2018

Inglaterra aplica maior goleada da Copa e avança com a Bélgica às oitavas

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Inglaterra confirmou o favoritismo e venceu o Panamá por 6 a 1 -a maior goleada da Copa da Rússia -, neste domingo (24), na arena de Nijni Novgorod, e garantiu vaga às oitavas de final.

A vitória por goleada colocou os ingleses na liderança do grupo G, à frente da também classificada Bélgica, por terem um cartão amarelo a menos do que os belgas (2 da Inglaterra contra 3 da Bélgica).

Pela primeira vez nesta Copa, o critério de cartão amarelo foi usado para confirmar o primeiro e o segundo lugar em uma chave da fase de grupos.

No caso de Inglaterra e Bélgica, os cartão amarelos recebidos pelas seleções serviram de desempate porque nos demais (saldo de gol, gols pró e contra), elas têm têm pontuação semelhante.

O resultado em Nijni Novgorod eliminou o Panamá, que fez sua estreia em Copas, e a Tunísia. Ainda do lado inglês, o atacante Kane sagrou-se artilheiro isolado do Mundial ao fazer três dos cinco gols contra a seleção panamenha, além de ser considerado o melhor jogador em campo neste domingo.

Kane já anotou cinco gols no Mundial da Rússia até aqui -abaixo dele, estão Cristiano Ronaldo, de Portugal, e Lukaku, da Bélgica, com quatro gols cada um.

PANAMÁ

Apesar de levar a goleada, o Panamá comemorou muito o primeiro gol da história do país em Mundiais. O veterano Baloy, que atuou pelo Grêmio entre 2003 e 2004, marcou aos 33min do segundo tempo após uma cobrança de falta.

INGLATERRA

Pickford; Walker, Stones e Maguire; Trippier (Rose), Loftus-Cheek, Henderson, Lingaard (Delph) e Young; Sterling e Kane (Vardy).

T.: Gareth Southgate.

PANAMÁ

Penedo; Murillo, Román Torres, Escobar e Davis; Barcenas (Arroyo), Cooper, Gómez (Baloy), Godoy (Ávila) e José Rodríguez; Perez.

T.: Hernán Dario Gomez.

Árbitro: Ghead Grisha (Egito)

Assistentes: Redouane Achik (Marrocos) e Waleed Ahmed (Sudão)

Cartões Amarelos: Loftus-Cheek (Inglaterra); Cooper, Escobar e Murillo (Panamá)

Gols: INGLATERRA: Stones, aos 8min do primeiro tempo e aos 40min do primeiro tempo, Kane (pênaltis), aos 21min do primeiro tempo, aos 46min do primeiro tempo, e aos 17min do segundo tempo, e finalmente Lingaard, aos 36min do primeiro tempo. PANAMÁ: Baloy, aos 33min do segundo tempo.

DESTAQUES DOS EDITORES