Publicidade
Esportes

Interino não vislumbra cargo efetivo e Atlético-MG segue à busca de técnico

THIAGO FERNANDES BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - Tornar-se treinador efetivo do Atlético-MG não está nos planos de Thiago Larghi. O interino do time mineiro quer mesmo é seguir como auxiliar da comissão técnica fixa. A diretoria até cogita mantê-lo no cargo. Contudo, não de forma definitiva. A intenção é que ele fique até que o presidente Sérgio Sette Câmara e o diretor de futebol Alexandre Gallo encontrem um nome para a função. Cuca, Abel Braga e Fábio Carille estiveram em pauta, mas nenhuma das tratativas avançou e o clube optou pela manutenção de Thiago Larghi. A intenção é achar um nome com mais pompa para o cargo. O próprio interino concorda com a diretoria e não se vê pronto para assumir um clube como o Atlético neste momento da carreira. "Não . Agradeço à diretoria por me convidar para ser auxiliar do clube. Faço menção ao Oswaldo, porque foi a primeira pessoa que liguei, e pelo apoio que me deu. Agradeço a ele e à diretoria pela oportunidade que me deram", disse após o triunfo sobre o América-MG, nesse domingo (18). Thiago Larghi permanece à frente do Atlético contra o Botafogo-PB, nesta quarta-feira (21), pela segunda fase da Copa do Brasil. Contudo, é possível que a diretoria encontre um novo nome após a partida pelo torneio de mata-mata.
Publicidade