Ponte Preta 2 x 1 Paraná

Jhony Douglas foi o destaque e Filipe e Hurtado, as decepções. Confira as atuações paranistas

ATUAÇÕES INDIVIDUAIS

Filipe (5,5)
Não teve culpa nos gols, mas quase entregou o ouro em três saídas de bola.

Kaio (5,5)
Não conseguiu atrapalhar a noite inspirada de Bruno Rodrigues.

Rafael Lima (6,5)
Líder em desarmes e rebatidas. Atuação segura nas bolas altas e rasteiras.

Hurtado (5,5)
Ele e o goleiro se atrapalharam em lance que quase terminou em gol de Moisés.

Juninho (5,5)
Participou bastante, mas errou em grande parte das aparições (defensivas e ofensivas).

Jhony Douglas (7,5)
Acertou um lindo chute para empatar a partida no final do 1ºtempo.

Léo Castro (5,5)
Entrou aos 24-2º e não conseguiu aumentar o poder de fogo da equipe.

Karl (6,0)
Conseguiu alguns desarmes, mas errou seis dos 20 passes tentados (30% de erro).

Kazu (6,0)
Entrou aos 19-2º e melhorou a saída de bola paranista, com precisão de 86% nos passes.

Luan (6,5)
Apareceu bem na defesa e no ataque enquanto esteve em campo.

Higor Meritão (6,0)
Entrou aos 11-2º e também conseguiu bom índice de sucesso (90%) nos passes.

Vitinho Mesquita (6,0)
Cobrou a falta que resultou no gol de empate, mas pouco fez fora isso.

Guilherme Biteco (5,5)
Entrou aos 19-2º e, quando teve a chance de fazer algo, já no fim do jogo, acabou finalizando muito mal.

Renan Bressan (6,5)
Uma boa participação em bola parada e lucidez com a bola nos pés.

Wandson (5,5)
Apareceu pouquíssimo com a bola devido às dificuldades do time paranista.

Lucas Sene (5,5)
Entrou aos 11-2º. Também sofreu com o fato de a bola simplesmente não chegar.