Publicidade
PontoCom

Justiça condena administrador de grupo do WhatApp por bullying feito por integrante 

Os administradores de grupos de WhatsApp precisam ficar atentos às postagens dos membros. Isso porque a Justiça brasileira passou a mirar os administradores por atos ilícitos praticados pelos participantes do grupo nos casos de bullying. 
No fim de maio, a Justiça de São Paulo condenou uma garota que gerenciava um grupo do WhatsApp a pagar R$ 3.000 a integrantes que foram xingados por outros durante conversas. O grupo em questão foi criado para reunir colegas de escola, em 2014, mas alguns garotos começaram a disparar ofensas homofóbicas contra três dos integrantes.
A solução agora é ficar de olho nas postagens e, quando se deparar com alguns tipo de comportamento discriminatório, intervir. E, no caso, das ofensas prosseguirem,  devem excluir o agressor do grupo

Dia Mundial do Emoji
Nesta última terça-feira, 17, foi comemorado o Dia Mundial do Emoji — uma data da qual poucas pessoas tinham ideia, entre ela eu. 
Algumas empresas que mexem com essas figurinhas aproveitaram a data para mostrar as novidades sobre as carinhas amarelas. O Google, por exemplo, divulgou a lista dos 10 emojis mais usados e, para surpresa, o coração não lidera essa lista. O vencedor é a risada com lágrimas nos olhos.
Veja quais são as carinhas mais famosas.


Bizarrices

levadas pra embrulho – As chaves automáticas, que permitem a abertura dos carros à distância, oferecem também uma facilidade para quem quer roubar os carros. Criadas para tentar evitar que o motorista ficasse exposto enquanto abria o carro, as chaves emitem constantes sinais. Especialistas alertam que ladrões podem replicar o código de acesso dos veículos com base nestes sinais. A solução seria embrulhar as chaves em papel alumínio. Agora, o que é mais bizarro? A solução ter virado uma arma ou o uso do papel alumínio para embrulhar as chaves de carrões como Porsches e BMWs?

DESTAQUES DOS EDITORES