Publicidade

Justiça manda prender advogado de Peña Nieto por lavagem de dinheiro

O advogado Juan Collado, que trabalhou para o ex-presidente mexicano Enrique Peña Nieto e foi defensor de várias outras autoridades do país, foi preso a pedido da Procuradoria-Geral sob a acusação de lavagem de dinheiro.

Por meio de uma declaração, os procuradores informaram que agentes cumpriram um mandado de prisão na Cidade do México contra Juan "C" por sua provável responsabilidade na prática do "crime organizado e em operações com recursos de origem ilegal".

O advogado é conhecido por suas ligações com um grupo político poderoso chamado pelo presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, de "máfia do poder". (Com agências internacionais)

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES