Assine e navegue sem anúncios [+]
Covid 19

Lavrador recebe alta após ficar 51 dias no Hospital do Norte Pioneiro

(Foto: AEN)

Mais um paciente venceu a luta contra o coronavírus no Paraná. O lavrador Edson José Bassani, de 59 anos, recebeu alta nesta quinta-feira (23), após 51 dias internado em estado grave no Hospital Regional do Norte Pioneiro (HRNP), em Santo Antônio da Platina.

O hospital é uma das unidades próprias do Governo do Estado com leitos exclusivos para pacientes da Covid-19. Desde o dia 29 de abril, além dos 73 leitos já existentes, o hospital passou a contar com mais 10 leitos de terapia intensiva, 10 leitos para cuidados intermediários e nove leitos de enfermaria para pacientes de Covid-19. Em todo o Estado, em pouco mais de 130 dias, foram criados mais de mil novos leitos de UTI para adultos na rede exclusiva de atendimento contra o novo coronavírus. A estratégia regionalizada, adotada desde o começo de 2019 para atender o cidadão o mais próximo possível de casa, foi reforçada neste ano na formatação da rede de leitos exclusivos para UTI.

Edson José Bassani é morador de Siqueira Campos, onde recebeu o primeiro atendimento médico. Com a piora do quadro clínico ele foi encaminhado para o Hospital Regional do Norte Pioneiro, em Santop Antonio da Platina, a menos de uma hora de sua cidade.

“Notícias como esta trazem esperança para a luta contra o coronavírus”, disse o secretário da Saúde, Beto Preto. “Estamos trabalhando incansavelmente para ampliar os leitos e dar todo atendimento necessário aos pacientes que necessitem, fazendo a nossa parte nesse enfrentamento ao vírus. Contamos com a colaboração de toda a população para que, se possível, mantenham o isolamento domiciliar e distanciamento social”, enfatizou o  secretário.

SUPERAÇÃO – De acordo com Anderson Hinterlang, médico intensivista responsável pela UTI Covid do HRNP, esta foi mais uma vitória para toda a equipe. “Hoje é um dia de vitória para a comunidade, mais um paciente que permaneceu em estado crítico na nossa UTI volta para casa com sua família. Só tenho a agradecer a equipe de médicos, enfermeiros, fisioterapeutas e tantos outros profissionais que ajudaram a dar essa nova chance de vida ao Edson”.

Para Natane Bassani, 29 anos, filha do paciente, o trabalho realizado pela equipe de profissionais do HRNP foi essencial para a recuperação de seu pai.

 “Deus agiu nas mãos de cada profissional de saúde que cuidou do meu pai, pois não mediram esforços para salvar a vida dele. Agradeço ao trabalho que exercem e ao atendimento do SUS, que foi excelente. Meu pai é a prova que esse vírus pode ser vencido, agora vamos continuar os cuidados em casa, com a família unida e muito amor”, disse.

HOSPITAL REGIONAL - A unidade hospitalar que tem gestão da Fundação Estatal de Atenção em Saúde do Estado do Paraná (Funeas) atende os 22 municípios da 19ª Regional de Saúde de Jacarezinho, que abrange 290 mil habitantes.

Neste momento, a UTI é exclusiva para atendimento a pacientes com a Covid-19. A estrutura permanecerá ativa após a pandemia, recebendo pacientes de acordo com o perfil assistencial do hospital, que é atenção materno-infantil e trauma.

Segundo o presidente da fundação, Marcello Augusto Machado, o investimento atual na UTI foi de R$ 7,5 milhões. Os recursos são do Governo do Estado.

 “Além da UTI, alugamos e instalamos um tomógrafo para que toda a estrutura funcione adequadamente”, acrescentou o secretário Beto Preto.

 RECUPERADOS – Dados oficiais do boletim epidemiológico da Sesa mostram que hoje no Paraná, dos 61.335 casos confirmados de coronavírus, 24.651 Já estão recuperados.


Regionalização 

O Governo do Estado já criou 1.017 novos leitos de UTI para adultos na rede exclusiva de atendimento contra o novo coronavírus, desde o início da pandemia, há pouco mais de 130 dias. A estrutura atual representa aumento de 76,5% em relação ao estoque de antes da pandemia, que era de 1.329 leitos. As UTIs foram montadas em apenas 130 dias e a previsão é alcançar 1.241 leitos em agosto.

Destes 1.017 leitos, 194 já existiam e foram remanejados para atendimento exclusivo da Covid-19, e os outros 817 foram criados em hospitais públicos e filantrópicos credenciados nas quatro macrorregionais de Saúde ou em estruturas totalmente novas, casos dos hospitais regionais de Telêmaco Borba, Guarapuava e Ivaiporã. Esses leitos estão distribuídos em 54 unidades médicas de 33 municípios.

A  estratégia do Governo do Estado para enfrentamento à Covid-19 teve como um dos pontos principais a antecipação da construção e entrega de três hospitais regionais (Guarapuava, Telêmaco Borba e Ivaiporã) e a ativação de estruturas novas nos hospitais universitários de Londrina (nova maternidade), Cascavel (ala de queimados), Ponta Grossa e Maringá (clínica para adultos) para atendimento emergencial contra a doença.

Na quinta-feira (23), em reunião com o governador Carlos Massa Ratinho Junior, no Palácio Iguaçu, em Curitiba, o ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, confirmou a renovação imediata da habilitação de 438 leitos de UTI e 35 leitos de UTI pediátrica no Paraná, que estão sendo utilizados em hospitais paranaenses. além da habilitação de 303 novos leitos de UTI nos próximos meses.

Assine e navegue sem anúncios [+]

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. OK