Publicidade

Linhas de ônibus voltam a funcionar em Guaianazes após protesto de motoristas

Dezoito linhas de ônibus da zona leste de São Paulo foram paralisadas na manhã desta terça-feira, 2, devido a manifestação de motoristas e cobradores. Os funcionários eram da empresa TransUnião, responsável pela operação de ônibus na região de Guaianazes. A SPTrans, responsável por gerir o transporte público por ônibus na capital, não informou o motivo da manifestação, que começou por volta das 5h. A operação foi normalizada às 9h30.

Durante a manhã, técnicos da empresa monitoraram a operação do transporte público na região e orientaram passageiros a utilizarem linhas de trajetos semelhantes às paralisadas. Por meio de sua assessoria de comunicação, a SPTrans informou que multará a TransUnião pelo descumprimento das partidas programadas. A empresa ainda afirmou que não se posicionará sobre as reivindicações dos manifestantes.

Linhas afetadas pela paralisação

De acordo com a SPTrans, 18 linhas foram afetadas pela paralisação:

2021/10 Jd. Bandeirantes - CPTM Guaianazes

3026/10 Vl. Iolanda ll - CPTM Guaianazes

4056/10 Pq. Boa Esperança - Term. São Mateus

4055/10 CPTM Guaianazes - Vl. Solange

4051/10 Jd. São Paulo - CPTM Guaianazes

4052/10 CPTM Guaianazes - Metrô Itaquera

3064/10 Cid. Tiradentes - CPTM Guaianazes

3754/10 Inácio Monteiro - Metrô Itaquera

2705/10 Jd. Fanganielo - Metrô Itaquera

3033/10 Guaianazes - São Mateus

2202/10 Hosp. Itaim - CPTM Guaianazes

3006/10 Jd. Fanganielo - CPTM Guaianazes

2021/10 Jd. Bandeirantes - CPTM Guaianazes

2201/10 Div. de Ferraz - CPTM Guaianazes

2009/10 Jd. Robru - CPTM Guaianazes

2004/10 Jd. Nsa. Sra. do Caminho - CPTM Guaianazes

Entre elas, as linhas 3754/10 Inácio Monteiro - Metrô Itaquera e 2705/10 Jd. Fanganielo - Metrô Itaquera operavam parcialmente, chegando até o Terminal e retornando.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES