Publicidade

Macri reconhece a derrota e convida Fernández à Casa Rosada

O presidente argentino, Mauricio Macri, reconheceu às 22h25 deste domingo, 27, a vitória do peronista Alberto Fernández. Com 89% das urnas apuradas, o futuro presidente tinha 47,8% dos votos, enquanto que o atual obtinha 40,6%. "Falei com ele há pouco e o convidei para um café na Casa Rosada amanhã (segunda-feira)", afirmou Macri.

O Banco Central deve anunciar nesta segunda-feira, 28, medidas para endurecer o controle sobre o câmbio. A perspectiva de vitória peronista, numa chapa que tem a ex-presidente Cristina Kirchner como vice, levou a uma desvalorização de 5% na moeda apenas na última semana. O convite para um encontro entre os dois diminui a tensão, após rumores de uma transição conturbada.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES