Contra prisão de Lula

Manifestantes do MST e metalúrgicos bloqueiam várias estradas do Paraná

(Foto: Divulgação)

Vinte estradas federais que cortam o Paraná estão bloqueadas na tarde desta sexta (6) em protesto contra a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva - 12 pelo Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra,  sete por movimentos populares e uma por produtores rurais. Mais cinco estradas estaduais também estão com algum tipo de bloqueio. As informações são da Secretaria de Estado de Segurança Pública. 

Além da BR-277, em São José dos Pinhais, onde metalúrgicos da Renault protestam, cerca de 1500 pessoas do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) trancam a PR 473, que liga Quedas do Iguaçu A São Jorge d'Oeste. 

Metalúrgicos da Grande Curitiba param em apoio a Lula e bloqueiam BR-277

Cerca de 1000 pessoas do MST, bloqueiam a PR 170, entre Porecatu e Florestópolis. Oitocentos manifestantes bloqueiam também a  a PR-158 entre Rio Bonito do Iguaçu e Laranjeiras do Sul.