Publicidade

Manifestantes se reúnem em torno do prédio da PF em Curitiba

CURITIBA, PR (FOLHAPRESS) - Cerca de cem pessoas, a maioria integrantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Sem Terra), se concentraram, no fim da tarde desta terça-feira (25), na chama Vigília Lula Livre, montada em frente ao prédio da Polícia Federal (PF), em Curitiba, onde o petista é mantido preso desde o ano passado.

Os manifestantes tocam e cantam em torno da PF, aguardando o final do julgamento que pode representar a soltura do ex-presidente.

Mais cedo, os manifestantes participaram de um ato em frente ao prédio da Justiça Federal, onde atuava o ex-juiz e atual ministro da Justiça Sergio Moro.

A segurança no local foi reforçada, mas não houve registro de confusões até o fim da tarde.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias