Assine e navegue sem anúncios [+]

Marinho preocupa Santos e Kaio Jorge deve voltar a treinar no sábado

O atacante Marinho é a principal preocupação do técnico Jesualdo Ferreira para o duelo do Santos com o Guarani, segunda-feira, no Brinco de Ouro, pela segunda rodada do Campeonato Paulista. Na última quinta, ele precisou ser substituído durante o segundo tempo do empate por 0 a 0 com o Red Bull Bragantino, na estreia da equipe na competição estadual.

Nesta sexta, o departamento médico do Santos atualizou a condição de Marinho e explicou que o atacante sofreu um trauma no tornozelo esquerdo, apresentando inchaço, algo que o tirou da partida durante o segundo tempo. Com isso, está trabalhando na fisioterapia. E seu aproveitamento no confronto com o Guarani é, assim, incerto.

O problema de Kaio Jorge é parecido ao de Marinho, mas menos grave. O atacante, substituído no intervalo do empate com o Bragantino, na Vila Belmiro, sofreu entorse no tornozelo esquerdo. Mas como não apresentou grandes sequelas, a tendência é que trabalhe em campo neste sábado normalmente.

Antes mesmo do início do Paulistão, o Santos já tinha dois desfalques por lesão, ambos do sistema defensivo. São os casos dos zagueiros Lucas Veríssimo e Felipe Aguilar. De acordo com o Santos, "eles estão evoluindo bem aos trabalhos de fisioterapia. Seguirão em reavaliação diária."

Nenhum deles, porém, deve ter condições de encarar o Guarani na segunda-feira, sendo que o Santos segue sem poder contar com o atacante Soteldo, que está defendendo a seleção sub-23 da Venezuela no Pré-Olímpico, na Colômbia.

Assine e navegue sem anúncios [+]

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. OK