Publicidade
Mercado da bola

Messi lidera, e Neymar pula para 3º em lista de mais bem pagos

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O argentino Lionel Messi, 31, é o atleta mais bem pago do mundo segundo a revista Forbes. De acordo ranking da publicação, o atacante do Barcelona ganhou US$ 127 milhões (R$ 488 milhões) nos últimos 12 meses.

Três dos dez atletas que mais faturaram são jogadores de futebol. O português Cristiano Ronaldo, 34, em segundo, com US$ 109 milhões (R$ 418 milhões) faturados, e o brasileiro Neymar, 27, que embolsou US$ 105 milhões (R$ 403 milhões), são os que seguem atrás de Messi na lista.

O atacante do PSG e da seleção brasileira subiu duas posições em relação a sua colocação ao ranking de 2018, quando figurou na quinta posição.

A revista soma os ganhos com salários e patrocínios dos atletas. De acordo com a Forbes, o aumento de Neymar está relacionado a contratos de publicidade cada vez maiores.

O brasileiro tem 10 patrocinadores e teve um abalo na imagem após ser acusado de estupro pela modelo Najila Trindade. O caso ainda está sendo investigado pela Polícia Civil de São Paulo, mas, desde que a denúncia veio à tona, o atleta tem sido pressionado pelas marcas que o contrataram. Pelo menos uma campanha -da Mastercard- com o jogador já foi desmarcada.

De acordo com a revista americana, a tenista Serena Williams, é a atleta que mais faturou nos últimos 12 meses, com US$ 29,2 milhões (R$ 112,2 milhões). No ranking geral, ela aparece somente na 63ª posição.

TOP 10 DOS ATLETAS MAIS BEM PAGOS DO MUNDO

1 - Lionel Messi, futebol

R$ 488 milhões

2 - Cristiano Ronaldo, futebol

R$ 418 milhões

3 - Neymar, futebol

R$ 403 milhões

4 - Canelo Alvarez, boxe

R$ 361 milhões

5 - Roger Federer, tênis

R$ 358,9 milhões

6 - Russell Wilson, futebol americano

R$ 343,9 milhões

7 - Aaron Rodgers, futebol americano

R$ 343,1 milhões

8 - Lebron James, basquete

R$ 342 milhões

9 - Stephen Curry, basquete

R$ 306,6 milhões

10 - Kevin Durant, basquete

R$ 251,3 milhões

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES