Publicidade
Reforma trabalhista

Metalúrgicos da Grande Curitiba protestam contra corte de direitos

Metalúrgicos da Grande Curitiba protestam contra corte de direitos

Metalúrgicos e metalúrgicas da Grande Curitiba, liderados pelo SMC, realizaram atos de protesto na porta da fábricas instaladas na região. Eles se manifestaram contra o corte de direitos dos trabalhadores, contra a Reforma Trabalhista e contra o fim da Aposentadoria. Com isso, o trânsito ficou parcialmente paralisado nas marginais das BRs que passam pela Capital do Estado. Os prostestos começaram às 5 horas desta quinta.14.

Segundo as informações do Sindicato dos Metalúrgicos de Curitiba e Região Metropolitana, cerca de 20 mil trabalhadores de 8 fábricas na Cidade Industrial, São José dos Pinhais e Araucária participaram das manifestações na porta das empresas, intensificando o Movimento Brasil Metalúrgico.

Trabalhadores das unidades da Volvo, Bosch, CBH e WHB, no bairro Cidade Industrial de Curitiba, da Renault e empresas do PIC da Audi, em São José dos Pinhais, e da Brafer, em Araucária, realizaram assembleias em frente a porta das fábricas.

O Movimento Brasil Metalúrgico é uma ação das entidades metalúrgicas de todo o país, que representam cerca de 2 milhões de trabalhadores metalúrgicos, e mostra a união dos trabalhadores contra o corte dos direitos.

DESTAQUES DOS EDITORES