Publicidade
Solidariedade

Metalúrgicos doam horas de trabalho às famílias atingidas pelas chuvas

A doação foi aprovada pelos trabalhadores em assembleias lideradas pelo Sindicato nas portas de fábrica. Até o momento, cerca de R$ 150.000 foram arrecadados
Metalúrgicos doam horas de trabalho às famílias atingidas pelas chuvas

Nesta semana os metalúrgicos da Grande Curitiba iniciaram uma grande campanha de arrecadação de recursos para ajudar as famílias atingidas pelo temporal do ultimo sábado (3) em Curitiba. Cada trabalhador metalúrgico da cidade irá doar R$ 10 de um dia de trabalho (sócios irão doar usando o SMC CARD e não sócios com um desconto nas negociações de PLR ou abono). O valor será repassado para entidades de assistência social como a FAS.

A campanha que começou na segunda-feira (5) já conta com a adesão de cerca de 15 mil metalúrgicos da Grande Curitiba, ou seja, um valor de cerca R$ 150.000 que será repassado para as famílias. As doações foram aprovadas em assembleias lideradas pelo SMC nas portas de fábrica nos últimos dias nas seguintes empresas: Renault, Volvo, CNH, WHB, AAM e Trüzschler. Novas assembleias estão programadas para os próximos dias em diversas fábricas, o que vai aumentar ainda mais o volume de recursos arrecadados.

Segundo a prefeitura de Curitiba, 300 casas foram danificadas, mais de 1.500 pessoas foram afetadas nos alagamentos e 200 famílias ficaram desalojadas.

A Campanha

A Campanha de arrecadação foi uma sugestão da diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba e segue uma das principais bandeiras do SMC, que é ser um Sindicato Cidadão e envolvido em questões sociais importantes.

Essa ideia está sendo levada diariamente para os trabalhadores em todas as fábricas, que prontamente estão se solidarizando com a situação das famílias afetadas pelas fortes chuvas.

A situação dessas famílias é muito triste e a gente como um Sindicato Cidadão se sente na obrigação de tentar amenizar essa dor. A ideia é simples, mas eficiente: se cada um ajudar um pouco, com R$ 10, juntamos um valor que com certeza vai minimizar muitos transtornos causados por esse temporal, afirma o presidente do SMC, Sérgio Butka.

 

Publicidade
Publicidade

DESTAQUES DOS EDITORES