Publicidade
Contra cortes do MEC

Metalúrgicos protestam em defesa das aposentadorias e educação pública

(Foto: SMC)

Metarlúrgicos da Grande Curitiba fazem protestos nas unidades da Renault, Volkswagen, CNH, Bosch, Volvo, Brafer, Pic da Audi e de outras grandes empresas. O Sindicato dos Metalúrgicos de Curitiba e Região Metropolitana espera a participação de 20 mil trabalhadores. O movimento começou já nas primeiras horas da manhã e deve se repetir durante todo o dia nas entradas dos demais turnos.

Em Curitiba, as manifestações de alunos e professores em defesa da Educação Pública e da Aposentadoria também acontecem ao longo do dia na Praça Santos Andrade, região central da cidade.  "A educação pública é a base de tudo no Brasil e não podemos abrir mão dela! Hoje é ela quem atende mais de 90% de toda a população de todas as faixas de idade no país e cortar estas verbas significaria além de um retrocesso muito grande, também um prejuízo enorme para o nosso futuro", destacou Sérgio Butka, presidente do SMC.

Santos Andrade

Os metalúrgicos da Grande Curitiba também vão participar da mobilização na Praça Santos Andrade, às 17h30, junto com professores, estudantes e demais categorias de trabalhadores. 

DESTAQUES DOS EDITORES