Publicidade
Recomeço

Moradores de prédio que explodiu começam a retornar para apartamentos

Os moradores do prédio onde houve uma explosão seguida de incêndio no bairro Água Verde, em Curitiba, já começaram a retornar para o seus apartamentos  neste sábado, 20.

Uma criança morreu e outras três pessoas ficaram feridas. Desde o dia da explosão, que ocorreu no dia 29 de junho, o prédio estava interditado pelo município. A Comissão de Segurança de Edificações e Imóveis (Cosedi), da Prefeitura de Curitiba, liberou o acesso do 1° ao 5° andar. O último andar do prédio, a área externa localizada na lateral do edifício e uma área dos fundos do prédio, onde ficam duas vagas de estacionamento, continuam interditados.

No início da manhã, o síndico do prédio Agenor Zanatta explicou que os moradores são liberados a entrar nos apartamentos após uma vistoria na tubulação de gás. Uma empresa particular realiza essa avaliação.

A energia elétrica já tinha sido religada e o prédio fez reparos em portas e em algumas paredes.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES