Publicidade
Peças

Mostra no Teatro Guaíra homenageia Wilker, Fontoura e Lee

Três peças teatrais que serão encenadas entre 17 de julho e 3 de agosto no Auditório e Miniauditório do Teatro Guaíra, prestam homenagens a Ary Fontoura, José Wilker e Stan Lee. As obras fazem parte da Mostra Jota Eme de Teatro Independente, que ainda trará outros três trabalhos apresentados em setembro e outubro. A mostra é uma realização da A Tração 4X4 Produções em parceria com Serafim Cia. Teatral e Jota Eme Produções. A Mostra Jota Eme de Teatro Independente, nesta edição, presta uma homenagem ao ator e diretor Ary Fontoura, nascido em Curitiba, em 1933.

A primeira peça é Quero ser José Wilker, que estreia amanhã, às 21 horas no Miniauditório do Teatro Guaíra. A peça presta uma homenagem ao ator e diretor que morreu em abril deste ano. Escrito por Fernando Cardoso, o espetáculo apresenta personagens, opiniões e fatos marcantes da vida pessoal e artística de Wilker.

Estão presentes as várias faces de Wilker, como criança, adulto, artista, filho, pai, irmão, homem, amante e ser humano total, além de vários personagens marcantes em sua trajetória, como Roque Santeiro, Tenório Cavalcanti, Coronel Jesuíno, Vadinho e Antonio Conselheiro.

A peça tem apresentações de quinta-feira a sábado, às 21 horas, e domingo às 19 horas até 3 de agosto.

Super herói — Outro espetáculo que faz parte da Mostra Independente é O Aranha Marrom, espetáculo infanto-juvenil com estreia no dia 19 de julho no Miniauditório do Teatro Guaíra. Trata-se de uma homenagem a Stan Lee, o criador do Homem Aranha, e à cidade de Curitiba. Como na famosa história, o personagem principal é picado por uma aranha geneticamente modificada que lhe confere super-poderes, mas também grandes responsabilidades.

A novidade é que a história se passa na capital paranaense, com referências às particularidades da cidade: a aranha marrom é um animal típico da nossa região, por isso dá nome ao protagonista e à peça, assim como ruas e parques da cidade são cenários da história e a poeta curitibana Helena Kolody é inspiração para a mocinha.

Nós brincamos com gags exageradas, cenas em slow motion e até o próprio desnudamento do teatro, onde o público vê os atores montarem as cenas. Essa é a grande magia do teatro, conta o dramaturgo e diretor Fernando Cardoso. O espetáculo apresenta recursos de teatro de sombras, já que as crianças e os adolescentes estão muito ligados à tecnologia e ao mundo cibernético.

A peça tem sessões no sábado e domingo às 16h30 no Mini-Auditório do Teatro Guaíra – Auditório Glauco Flores de Sá Brito, até 3 de agosto.

Monólogo — Nos dias 23 e 30 de julho, a Mostra Jota Eme de Teatro Independente apresenta o ator Jota Eme em duas únicas apresentações do espetáculo O Demônio de Cada Um, texto livremente inspirado na vida e no pensamento do poeta português José Régio, no Miniauditório do Teatro Guaíra.

Com direção de Waldi Teixeira, a peça será apresentada em duas quartas-feiras. De acordo com o diretor, é um livre mergulho sem escafandro de peito aberto na vida e obra de José Régio sem medo de ferir ou sair ferido.


MAIS TRÊS PEÇAS EM SETEMBRO E OUTUBRO
A Mostra Independente segue em setembro e outubro com mais três peças, Romeu e Julieta — de 4 a 14 de setebrmo — Curitiba segundo seus vampiros, 321 anos depois — 6, 7, 13 e 14 de setembro — e a reencenação do Psycho Rock Hamlet — em 4 e 5 de outubro.

Romeu e Julieta, o suicídio, é uma adaptação do clássico de Shakeaspeare para o contexto da cultura brasileira, com uma pitada de dance music. A ideia é tirar o espetáculo da inacessibilidade e deixá-lo mais solto e fluído, explica texto do grupo.

Já Curitiba segundo seus vampiros é um documentário teatral movido pela admiração a Curitiba. Uma homenagem poética sobre as características, os moradores e a atmosfera única que envolve a cidade.

O Psycho também foi uma adaptação de Shakespeare, encenada no ano passado e com boa repercussão em Curitiba ao misturar Hamlet com rock.

Iniciativa
Após a realização do espetáculo Psycho Rock Hamlet — também uma parceria da A Tração 4X4 Produções, Serafim Cia. Teatral e Jota Eme Produções — que cumpriu temporada no Mini-Auditório do Teatro Guaíra nos meses de novembro e dezembro de 2013 —, o grupo resolveu colocar em ação o projeto da Mostra Independente com seis peças no total, incluindo a reapresentação do Psycho Rock Hamlet. Os trabalhos da trupe procuram inovar na linguagem, cenário, ao contar as histórias conhecidas de uma nova forma e um novo ângulo.


SERVIÇO

QUERO SER JOSÉ WILKER
Onde: Miniauditório do Guaira
Quando: De 17 de julho a 3 de agosto; quintas, sextas e sábados às 21h e domingos às 19h.
Classificação: 18 anos
Ingressos: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia) + R$ 6,00 de taxa administrativa

O ARANHA MARROM
Onde: Miniauditório do Guaíra
Quando: Aos sábados e domingos, de 19 de julho a 3 de agosto, às 16h30
Ingressos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia) + R$ 6,00 (taxa administrativa)

O DEMÔNIO DE CADA UM
Onde: Miniauditório do Guaíra
Quando: Dias 23 e 30 de julho, às 21h
Classificação: 14 anos
Ingressos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia) + R$ 6,00 (taxa administrativa)

Mais Informações
www.diskingressos.com.br (41) 3315-0808
Bilheteria do Teatro Guaíra: (41) 3304-7979 / 3304-7982.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES