Publicidade
Irresponsabilidade

Motoristas 'levantam' placas para evitar identificação em estradas do Paraná

Placa do caminhão estava levantada para evitar identificação ao furar pedágio
Placa do caminhão estava levantada para evitar identificação ao furar pedágio (Foto: PRF-PR)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), em menos de uma semana, flagrou dois veículos com as placas sem condições de legibilidade nas regiões de serra do Paraná.

Na quinta-feira (21), na BR-376, por volta das 17h, agentes da PRF realizavam comando de velocidade, quando flagraram uma motocicleta trafegando a 129 km/h, onde o limite é de 80 km/h. Após 20 quilômetros de perseguição, os policiais conseguiram abordar a motocicleta, uma Yamaha MT-07 com placas de Blumenau (SC), já no estado de Santa Catarina.

Ao vistoriarem o veículo, verificaram que a placa estava totalmente levantada, o que dificulta e inviabiliza a fiscalização, tanto eletrônica, quanto visual. O motociclista teve seu documento retido para a regularização da placa e foi multado por conduzir veículo acima da velocidade, mudar de faixa sem sinalizar e pela placa sem condições de legibilidade. Ele tem cinco dias para regularizar a placa.

E no domingo, 24, por volta das 12h30, agentes da PRF visualizaram um caminhão Mercedes-Benz 1938 com placas de Pato Branco (PR), evadindo-se da praça de pedágio em São José dos Pinhais, na BR-277. Ao realizarem a abordagem, verificaram que a placa dianteira possuía um dispositivo manual que faz com que a placa “caía” e ficasse impossibilitada sua visualização. Ainda, na placa traseira, os policiais encontraram um papelão que cobria a placa completamente.

O motorista foi obrigado a voltar e fazer o pagamento do pedágio, além de ter sido multado por dirigir sem acender a luz baixa de dia, conduzir veículo em mau estado de conservação, com a placa sem condições de legibilidade e com o tacógrafo irregular. Assim como no caso da motocicleta, o documento do caminhão também foi retido para que o motorista providenciasse a regularização da placa.

A multa por conduzir veículo com placa sem condições de legibilidade é de R$ 293,47 e o motorista tem sete pontos adicionados à sua carteira de habilitação.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES