Publicidade
Loucura

Jovem mata o namorado ao gravar vídeo para o YouTube

Jovem mata o namorado ao gravar vídeo para o YouTube

A jovem Monalisa Perez, de 19 anos, está sendo acusada de homicídio após atirar em seu namorado, Pedro Ruiz, durante a gravação de um vídeo para o YouTube. A jovem alega que, pelo fato de o rapaz de 22 anos estar segurando um livro, acreditou que a bala não o atingiria. Ele, porém, faleceu após ser baleado no peito.

A cena, transmitida peo YouTube Live, foi assistida pela filha de três anos do casal e cerca de 30 pessoas. A tia da vítima, inclusive, revelou ao canal WDAY-TV que o sobrinho havia lhe contado que eles fariam a brincadeira "porque queriam mais seguidores, queriam ficar famosos".

No vídeo, o casal utilizou a versão calibre .50 da Magnum Desert Eagle, um modelo que aparece com frequênciaa em filmes e jogos de videogame. Segundo o xerife responsável pelo caso, trata-se de uma "arma muito forte", que em sua versão .50 provoca um forte coice a cada tito. Inclusive a Cabela's, tradicional empresa norte-americana especializada na venda de armamentos, descreve a arma como "uma das mais poderosas do mundo" em sua categoria.

Claudia Ruiz, tia do rapaz morto, afirma ter recomendado aos jovens que não fizessem a brincadeira. Ela ainda garantiu que seu sobrinho e a jovem de 19 anos estavam apaixonados e se amavam, afirmando que o episódio "foi apenas uma brincadeira que deu errado".

Publicidade

DESTAQUES DOS EDITORES